Compartilhe

Qualquer pessoa pode ser vítima do phishing, que é a prática de envio de e-mails falsos, se passando por outras pessoas ou empresas para enganar outras pessoas, com informações falsas para roubos de dados e dinheiro.

Esta é uma das maiores pragas entre os métodos de abuso via internet. As formas de phishing estão se tornando cada vez mais sofisticados e de difícil detecção pelos filtros de spam. Por isso, o Google lançou um quiz para que você saiba o quão bem informado está para identificar essas tentativas de golpes.

 

 

 

Isso é phishing ou é um e-mail legítimo?

 

 

Esta é basicamente a única pergunta disponível no questionário, onde o Google mostra vários e-mails de exemplo que simulam um dia de rotina normal do Gmail, para que você observe bem os exemplos e identifique por si se aquele é um e-mail legítimo ou uma tentativa de phishing.

Os exemplos são do cotidiano, com situações que podemos enfrentar no nosso dia a dia, mas são muito bem projetados, onde para muitos usuários podem ser críveis o suficiente para acreditarem que aquela tentativa de golpe é um e-mail legítimo e, dessa forma, muito fáceis de cair nos golpes. O mais importante aqui é olhar para o remetente da mensagem e comprovar se ele é confiável, além de olhar para o link completo para o qual o link onde o e-mail pede para clicar vai nos levar antes de clicar nele.

Uma vez que você responde ao quiz, o Google explica em detalhes os motivos que determinaram que aquele e-mail foi considerado um phishing, e como você pode identificá-lo como tal.

Além disso, o Google explica para você sobre a importância dessa revisão das URLs que estão presentes no corpo ou conteúdo do e-mail antes de sai clicando em links que você não conhece, além de recomendar um cuidado especial com os domínios enganosos, que parecem ser de empresas reais, mas que, na verdade, são links falsos para sites fraudulentos.

Aproveitamos a oportunidade para recapitular uma dica importante que deixamos em outras oportunidades: se alguma coisa parecer suspeita para você ao abrir um e-mail, seja lá o que for (no título, endereço que enviou a mensagem e o conteúdo), é melhor não abrir nenhum link disponível nessa mensagem. Especialmente quando você não está esperando links ou arquivos em anexo de nenhuma pessoa ou empresa.

No total, você vai responder oito perguntas no quiz, e no final, o Google oferece os resultados do teste. E você pode fazer o teste quantas vezes quiser, para poder melhorar a sua curva de identificação de malwares.


Compartilhe