A Google apresentou uma ampla renovação no Gmail, com novidades no design, novas características e melhorias nos recursos de segurança.

As mudanças mais visíveis estão nos componentes adicionados com Material Design. A nova cara e as novas funções (algumas já vistas no Inbox) aumentam a produtividade no trabalho. Os novos botões de comando do lado direito dos e-mails na caixa de entrada podem ser utilizados para arquivar mensagens, marcar como lidas, apagar ou arquivar e-mails.

Também está mais simples gerenciar arquivos em anexo, onde não é mais preciso abrir um e-mail para acessar arquivos e documentos associados a uma mensagem. Basta passar o cursor sobre uma mensagem de e-mail para responder a um convite com uma confirmação, arquivar um conjunto de mensagens ou apagar tais mensagens.

A Google manteve os três modos de densidade atuais: normal, cômoda e compacta. Agora, o Gmail está mais integrado com outros apps da Google: um painel lateral permite a criação ou edição de compromissos na Agenda, o gerenciamento de tarefas no Task, o envio de notas no Keep e acesso à extensões sem a necessidade de mudar de janela.

 

 

A Google adicionou funções de IA para respostas inteligentes, com a mesma técnica utilizada nos smartphones para descobrir se uma mensagem é ou não importante, e sugerir a resposta da mesma.

As notificações de alta prioridade alertam sobre um novo e-mail mais urgente, e sugere o cancelamento de assinaturas de boletins que não são utilizados.

O novo modo offline via app web progressivo vai permitir o armazenamento de e-mails dos últimos 90 dias. Tal recurso será lançado nas próximas semanas.

 

 

O novo ‘modo confidencial’ entrega mensagens que vão se autodestruir em data de vencimento determinada pelo usuário. Um conceito similar ao que vimos em clientes como o ProtonMail.

Depois de um determinado tempo, aquele e-mail fica ilegível, e o destinatário não pode re-enviar o conteúdo da mensagem, copiar e colar, fazer o download ou imprimir a mensagem. Também é possível pedir ao destinatário a confirmação de identidade com uma senha enviada via SMS. Mesmo assim, nada pode impedir que um usuário registre uma captura da tela ou fotografe o e-mail para preservar os dados confidenciais.

Na segurança, novos alertas no recebimento de e-mails com risco em potencial, melhorando o sistema de controle de spam ou pishing.

A atualização do Gmail já está disponível, mas será liberada de forma gradual entre os usuários de todo o mundo. Você pode tentar habilitá-lo no menu de configurações, selecionando o item ‘testar o novo Gmail’, e se você não gostar das mudanças ainda pode voltar ao Gmail clássico.