Compartilhe

O Google Chrome completou 11 anos, e é hoje o navegador mais utilizado do mundo, com aproximadamente 750 milhões de usuários. O navegador é derivado de dois projetos de código aberto desenvolvidos em 2007, mas antes pertencia a um software de código fechado utilizado no Google.

 

 

Google Chrome, e sua evolução em 11 anos

 

 

Hoje, todas as versões do sistema são de responsabilidade do Chromium, projeto de software livre da empresa, e o responsável pelo desenvolvimento do Chrome OS.

O navegador começou a funcionar em 2008, mas só em 22 de julho de 2010 é que um novo sistema de aprimoramento permitiu que o software recebesse novos recursos via atualizações estáveis. Na época, o Google optou o envio de atualizações a cada seis semanas, mas todas em versões estáveis do PC, uma vez que o Chrome ainda não estava disponível para o Android.

Porém, foi nos primeiros meses de 2012 que o Google Chrome (Beta) para Android foi anunciada. Na época, o navegador estava disponível apenas para o Android 4.0 Ice Cream Sandwich.

Uma das melhorias do Chrome para dispositivos móveis foi o sistema de várias janelas, algo revolucionário para a época. Em 2012, também foram adicionadas melhorias na versão para desktop, no modo de navegação anônima e visualizar os sites visitados recentemente.

 

 

O navegador mais utilizado no mundo

 

 

Porém, foi apenas na Google I/O de 2012 que o Google Chrome virou o navegador padrão no Android 4.1 Jelly Bean, lançado com o Nexus 7. No mesmo dia, o navegador chegou ao iOS (iPhone, iPad e iPod Touch). Desde 2013, o sistema de ‘betas’ foi habilitado, e o app nesse modo se tornou o mais procurado nas lojas de aplicativos, superando até a versão padrão.

O Chrome melhorou muito ao longo dos anos, especialmente por causa da massificação das plataformas móveis. O navegador ganhou popularidade mundial, e as melhorias deveriam entregar maior segurança ao usuário para definir um padrão na web.

Sua interface é bem simples e sempre foi, para que fosse um software de fácil uso por qualquer pessoa, de qualquer idade. O design da janela principal é baseado no tema inicial do Windows Vista, e o formato de janelas em muito semelhante ao oferecido pelo Safari.

 

 

Guias e recursos avançados

 

 

Outras melhorias úteis que o Chrome recebeu ao longo do tempo são as guias, que permite abrir vários sites ao mesmo tempo, além do deslocamento livre entre as guias, deixando o uso mais confortável com múltiplas atividades ao mesmo tempo.

Além disso, o Google integrou nos últimos anos melhorias avançadas no sistema, que destacamos na lista a seguir:

– Possibilidade de alterar e adicionar temas visuais para a interface (existem mais de 3.000 temas disponíveis)
– Suporte para mais de 12.000 extensões, que também podem ser usadas no modo de navegação anônima
– Sincronização geral de preferências, favoritos, formulários, senhas, informações bancárias, aplicativos e outros agregados
– Tradução automática sugerida
– Possibilidade de sites enviarem notificações
– Suporte para geolocalização
– Flash Player integrado
– Loja online Crhome Web Store
– Mecanismo de pesquisa integrado
– Possibilidade de várias contas
– Aceleração de gráficos tridimensionais
– RTC Web Standard, que permite comunicação de vídeo e áudio de alta qualidade
– Pesquisas por voz
– Atalhos do teclado
– Economia de dados móveis
– Plataforma cruzada

 

 

Por fim, depois de 11 anos, o Google Chrome se tornou indispensável para o uso da Internet e, sem dúvida, as constantes atualizações e melhorias que ele recebe através das atualizações tornam este o navegador mais utilizado do mundo.

O Chrome está disponível para Windows, macOS, Linux, Android e iOS.


Compartilhe