Compartilhe

É normal ver empresas de tecnologia abandonando os projetos que não tiveram o sucesso esperado. Ainda mais o Google, o rei do beta. Mas existe uma forma de dar uma segunda chance para esses projetos: transformá-los em Open Source.

Foi exatamente isso o que acabou de acontecer com o Google Cardboard. O óculos de realidade virtual de papelão (e de baixíssimo custo) deu lugar à recém abandonada plataforma Daydream View VR, e agora se torna Open Source, para que toda uma comunidade de usuários conduza o projeto ao seu próximo nível.

 

 

A segunda chance do Cardboard

 

 

Já tem um tempo que o Google compartilhou as especificações técnicas para que qualquer pessoa pudesse replicar o design do Cardboard, que foi apresentado de surpresa durante o Google I/O 2014.

O Google Cardboard aproximava a experiência de realidade virtual para qualquer pessoa, onde a sua carcaça de papelão recebia um smartphone. O seu baixo custo ajudou na sua popularidade, sem falar na ajuda de parceiros como a Xiaomi, que ajudaram a melhorar o conceito usando materiais como a fibra sintética, e a Carl Zeiss oferecendo óticas de melhor nível.

Mesmo vendendo 15 milhões de unidades ao redor do mundo, o Google reconhece que o uso do Cardboard diminuiu com o passar do tempo. Os problemas com a latência ou a falta de aplicativos fizeram o interesse das pessoas pelo projeto diminuir, com os desenvolvedores focando esforços na realidade aumentada nos smartphones, em projetos como o ARKit da Apple e o ARCore do Google.

Agora, o Google compartilhou o código do projeto ou o Cardboard SDK no GitHub, na esperança que a comunidade de desenvolvedores “continue desenvolvendo experiências para o Cardboard, e adicionando o suporte para os seus aplicativos”.

É importante lembrar que o Google não está se distanciando por completo do projeto. Com esse anúncio, a empresa indica que vai continuar a realizar contribuições próprias para o Cardboard, mencionando que deve publicar novas características como um pacote SDK para o desenvolvimento de projetos com o Unity e esses singulares óculos de realidade virtual.

É um movimento acertado por parte do Google para dar uma sobrevida ao Cardboard. A empresa fez o mesmo com outros projetos, mas com certeza muitos pensam que seria incrível se tivesse feito o mesmo com outros projetos já encerrados.

Nem preciso mencionar quais. Basta você pensar um pouco.

 

Via Google


Compartilhe