Compartilhe

O Google informa que estão abertas as inscrições para a próxima edição do programa de estágio da empresa, o Google Business Internship Prgram 2020 no Brasil.

Para os estudantes que gostam de resolver problemas e querem aprender coisas novas, essa é uma excelente oportunidade. O Google busca a diversidades de vozes e experiências, oferecendo a oportunidade para que diferentes pessoas vivenciem um processo de formação na empresa que pode resultar em uma evolução técnica e conceitual em várias frentes.

O estágio tem duração de cinco meses, e está disponível para os estudantes de graduação de qualquer universidade no Brasil com formatura previsa entre os meses de dezembro de 2020 e março de 2021.

O Business Intern Program procura talentos universitários e estudantes que querem vivenciar o mundo corporativo e desenvolver competências técnicas e comportamentais que podem auxiliar nas suas carreiras efetivas no futuro.

 

 

Sobre o processo de seleção

As inscrições para o programa de estágio do Google vão de 2 de setembro até 2 de outubro. Os estudantes selecionados começam o estágio na empresa em 13 de julho de 2020, e vão trabalhar nas diferentes áreas de conhecimento do Google, adquirindo e desenvolvendo habilidades de marketing, estratégia de negócios, vendas e publicidade on-line, consultoria de soluções técnicas para parceiros, suporte técnico de vendas, suporte ao cliente, entre outras.

Você pode fazer a sua inscrição nesse link. Na página, também é possível verificar como está o processo de seleção. Também é possível conferir as principais novidades sobre o programa de estágio nas contas do Google Brasil nas redes sociais.

A oportunidade é excelente para quem quer colocar em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade, além de ser uma via efetiva para desenvolvimento profissional. Não são todos os estudantes que contam com essa oportunidade (infelizmente, o programa de estágio do Google é apenas para os graduandos). Logo, para quem está elegível a uma vaga, pelo menos tentar é mais do que aconselhado.

 

Via Blog do Google Brasil


Compartilhe