O artista Alexander Reben publicou um vídeo com o título Google Shots, onde basicamente faz com que o Google Assistente dispare uma arma de fogo, a partir de um simples comando de voz.

Seu objetivo é levantar a discussão sobre a ética na Inteligência Artificial, demonstrando o potencial problema legal que pode ser criado nesse tipo de situação.

Reben decidiu utilizar o Google Assistente, mas ele poderia ter feito o mesmo experimento com o Amazon Echo ou qualquer outro dispositivo similar. O comando poderia ter ativado uma cadeira de massagem ou uma máquina de sorvete, mas ele quis colocar todo mundo para pensar, especialmente depois da apresentação da Duplex na Google I/O.

Mesmo que no vídeo seja Reben quem ativa a arma com o seu comando de voz e só tenha danificado uma maçã, é bem possível que, no futuro, uma Inteligência Artificial pode se antecipar à nossas necessidades e desejos, e acabe matando uma pessoa, deixando no ar a dúvida de quem é o responsável pelo crime.

Reben está criando outros projetos similares como o tema de Inteligência Artificial, mas esse vídeo já dá o que falar diante dos recentes problemas com os tiroteios em escolas e o controle das armas nos Estados Unidos.