A Google lançou uma máquina com inteligência artificial capaz de detectar o câncer.

Quando os patólogos analisam os tecidos biológicos para verificar se há sinais do câncer, o processo pode consumir muito tempo. Por isso, a Google apresentou um novo microscópio que usa de realidade aumentada, algoritmos de IA e aprendizagem profunda.

Os algoritmos de IA detectam e ressaltam as células cancerosas, facilitando o diagnóstico.

O equipamento é descrito como uma ferramenta útil para diagnosticar pacientes, e ainda é um teste de conceito que deve melhorar e muito.

Em todo caso, o projeto parece bem encaminhado, já que depois de explicar o funcionamento das redes neuronais e sua habilidade para detectar células cancerosas em imagens de tecidos humanos, os especialistas deram uma grata surpresa: a capacidade de identificar o câncer de mama e de próstata.

O próximo passo é melhorar os algoritmos para que funcionem em outros tipos de câncer, inclusive com enfermidades como a tuberculose e a malária.

Leia todo o conceito dessa tecnologia nesse link.

 

 

 

Via Engadget