Compartilhe

Com mais de 1.5 bilhão de usuários ativos em todo o mundo, o Gmail se transformou em uma referência para usuários domésticos, estudantes e empresas. Agora, a plataforma completou 15 anos de atividades (nasceu em 1 de abril de 2004), e para comemorar a data, lançou novos recursos bem interessantes.

Nesse post, explicamos de forma resumida tudo o que o Gmail recebeu como principais novidades para os usuários.

 

 

Smart Compose

 

O Google confirmou que estará disponível em breve no seu app para Android e iOS a função Smart Compose, recurso apresentado em 2018 e que usa a inteligência artificial para prever o que você vai escrever na sua futura mensagem, economizando o tempo dos usuários na hora de redigir um e-mail. Além disso, também anunciaram que o novo recurso estará disponível em quatro idiomas: espanhol, francês, italiano e português.

 

 

 

Programe os seus e-mails

 

Pense na seguinte cena: você está em casa (ou na escola, ou no escritório, que seja), vivendo a sua vida tranquilamente e aproveitando o seu tempo livre. Do nada, o seu telefone toca, e é o seu chefe, com alguma tarefa de última hora. Pois bem, agora o Gmail permite a programação de um e-mail para que ele seja enviado em um determinado horário.

 

 

O recurso só estava disponível através de serviços de terceiros, mas agora está integrado no Gmail. Para utilizá-lo, basta escrever a mensagem e, quando for clicar em Enviar, vai aparecer um menu com a opção de programar o envio, ajustando o dia e a hora que você deseja. O recurso foi desenvolvido pensado no respeito ao bem estar dos usuários durante os seus horários não laborais.

 

 

E-mails dinâmicos

 

Outra função que está chegando na versão de desktop do Gmail, e deve desembarcar nos dispositivos móveis em breve. Agora, é possível realizar certas ações diretamente a partir do Gmail, como confirmar a presença em uma reunião, responder a alteração no Google Docs ou responder enquetes sem a necessidade de visitar outras páginas web.

A chegada dos novos recursos do Gmail coincide com o fim definitivo do Google+, que chegou ao fim de forma oficial.

 

 

Via Blog do Google Brasil


Compartilhe