Compartilhe

Com a chegada do Samsung Galaxy Tab S7 e do Samsung Galaxy Tab S7+, novos tablets top de linha dos coreanos no mercado brasileiro, a pergunta que dá titulo para esse post é mais do que natural: vai de Tab S7 ou de iPad Pro, sendo que os produtos estão basicamente na mesma faixa de preço?

Tá, eu estou pegando MUITO no pé da Samsung, e posso passar a impressão que eu odeio a marca. Mas isso não é verdade. A minha próxima Smart TV será da marca coreana, e muito provavelmente o meu futuro smartphone novo será o Samsung Galaxy Note 10 com 256 GB de armazenamento. E eu espero que esse início de texto apague qualquer má impressão que eu tenha passado para a assessoria de imprensa da marca.

Dito isso… vamos voltar para a nossa programação normal.

 

 

 

Uma escolha de Sofia (ou de tecnologia)

 

Para responder essa pergunta da forma mais certeira possível para você, é importante fazer uma reflexão interna que pode consumir tempo, dinheiro e algumas noites de sono perdidas. Mas nada que uma bom macarrão à carbonara com refrigerante não resolva o problema da insônia (pelo menos comigo resolve).

Deixando as questões gastronômicas de lado, para escolher entre o Samsung Galaxy Tab S7 ou S7+ e o iPad Pro, você precisa responder duas perguntas fundamentais que falam muito sobre o você e o dispositivo que você quer. Duas perguntas que ajudam a definir a escolha para a maioria dos produtos de tecnologia, além de, em alguns casos, livrar você de uma furada sem precedentes.

Não que os dois produtos não sejam ótimos. Eles são. Mas sempre terá um deles que vai se ajustar melhor ao seu perfil de uso.

Vejamos.

 

 

 

O que você quer?

 

 

Não adianta nada você comprar um dispositivo de tecnologia se não for para atender o seu gosto de alguma forma. Principalmente se você vai investir mais de R$ 6.000 em um produto de tecnologia. Com esse dinheiro, se a sua vontade não mandar, é sinal que você está jogando tempo e dinheiro fora. E da forma mais triste possível.

Para responder essa pergunta, você não pode se importar muito com os reviews de tecnologia, com as análises de especialistas, com testes de queda e outros aspectos técnicos que eu e meus colegas que já trabalham nesse segmento por anos podem falar para você. Compre o produto que você tem vontade de ter, independente do motivo.

Se você ficou apaixonado pelo Samsung Galaxy Tab S7 quando viu ele na sua frente, faça o investimento nele e seja feliz. Se o seu sonho na vida sempre foi ter um iPad Pro e tem o dinheiro para esse investimento, não pense duas vezes.

Eu deixei de ser aquela pessoa que fica cagando regra sobre o que as pessoas vão fazer com o dinheiro delas.

Agora… se você é aquela pessoa que está realmente indecisa, quer uma segunda ou terceira opinião, e não sabe com qual produto vai se dar melhor… e decide ouvir a voz dos especialistas…

Passe para a segunda pergunta.

 

 

 

O que você precisa?

 

 

Apesar dos dois dispositivos estarem na mesma categoria de preço, o Samsung Galaxy Tab S7 ou S7+ é relativamente diferente do iPad Pro. Na verdade, ambos contam com o mesmo foco, mas o simples fato de um contar com o Android e outro com o iPadOS já marca uma diferença gritante entre os dois produtos.

Historicamente, o iPad sempre recebeu soluções específicas e aplicativos pensados para a sua proposta. Diferente do Android, que nunca teve um suporte por parte do Google voltado para os tablets e, no final das contas, se limitou a alargar os apps pensados inicialmente para os smartphones.

Por outro lado, o tempo passou, e a Samsung decidiu criar a sua própria experiência para tablets Android, e o Samsung Galaxy Tab S7 ou S7+ conta hoje com uma interface totalmente adaptada, com um modo desktop dos mais interessantes. Ao mesmo tempo, o iPadOS também evoluiu, e se aproximou muito do que o macOS oferece, tanto na interface como nas funcionalidades.

Você pode ser aquele tipo de usuário que só vai precisar de uma interação mais versátil no tablet e, eventualmente usar o teclado para digitar alguma coisa. Nesse caso, o Samsung Galaxy Tab S7 pode ser a sua pedida. Agora se você é um usuário profissional mais exigente em tarefas específicas como edição de áudio e vídeo, imagem e outras atividades, o iPad Pro tende a atender melhor.

Mas tudo é uma questão de perspectiva pessoal. Não quero colocar o que escrevo nesse post como uma regra inescapável. Cada caso é um caso.

 

 

 

O preço do Samsung Galaxy Tab S7 no Brasil é justo?

 

É difícil pensar em justiça com esses preços, mas… vamos tentar.

O Samsung Galaxy Tab S7 tem preço sugerido no Brasil de R$ 6.599, enquanto que o Samsung Galaxy Tab S7+ custa R$ 8.999. Já o iPad Pro de 11 polegadas custa R$ 8.499, enquanto que o mesmo tablet da Apple na versão com 12.9 polegadas custa R$ 10.499.

Apenas pelo simples comparativo de preço, está evidente que a opção da Samsung é a menos cara entre as duas.

Agora, pense que a relação custo-benefício do Samsung Galaxy Tab S7 ou S7+ aumenta quando o cliente que comprar esse tablet na época do lançamento pode ganhar o case com teclado, entregando logo de cara toda a versatilidade que os usuários focados na produtividade desejam.

Em um mundo perfeito, eu apostaria em um ultrabook premium com Windows 10 e seria feliz. Mas como tenho que me limitar a analisar o cenário proposto, afirmo que o Samsung Galaxy Tab S7 pode resolver a vida de quem quer a versatilidade em poder usar um tablet e um notebook quando precisar, mas sem gastar o preço de um iPad Pro para não correr o risco de precisar de um transplante de rim.

Se você é um usuário mais exigente e precisa de aplicativos mais específicos para a sua atividade profissional, muito provavelmente terá que olhar para o iPad Pro com olhos mais carinhosos, pois é uma solução mais completa para tarefas mais específicas.

De qualquer forma, considere os dois produtos como investimentos que precisam ser feitos por usuários exigentes, que precisam de um bom e versátil dispositivo para trabalhar. Em tese, os dois atendem muito bem a maioria dos usuários. Porém, a maioria dos usuários não precisa de qualquer um dos dois tablets (modelos bem menos caros podem atender muito bem aos usuários mais casuais).

Espero ter ajudado de alguma forma.


Compartilhe