Gadget do dia: Samsung Galaxy M01s

Compartilhe

Para a Samsung, a letra S não significa Samsung. Significa “estamos adicionando pequenas melhorias em um smartphone que você já conhece, apenas para cobrar mais caro do que inicialmente planejamos”. Não sei se gosto muito dessa estratégia, já que é quase uma sacanagem o que a empresa faz com os primeiros compradores daquele modelo. Mas é o que temos nesse momento por parte dos coreanos.

E, mais uma vez, temos que lidar com um portfólio de smartphones da Samsung que só sabe inchar.

De qualquer forma, vamos falar nesse post do Samsung Galaxy M01s, que nada mais é do que a versão discretamente melhorada do Samsung Galaxy M01 que foi apresentado em junho de 2020 (isso mesmo… apenas um mês depois, e a Samsung lança uma “atualização” de um smartphone…).

Na verdade, dá para dizer que o Samsung Galaxy M01s é a versão alternativa do Samsung Galaxy M01 para um mercado emergente, onde os preços devem ser um pouco menores. Mesmo assim, vamos tentar entender onde estão as mudanças, e por que elas aconteceram.

 

 

 

Um básico menos básico

 

 

A tela do Samsung Galaxy M01s é um pouco maior, com 6.2 polegadas, mas mantendo o LCD com resolução HD+ (1520 x 720 pixels). O processador agora é o MediaTek, deixando de lado o Snapdragon 439 do M01, e abraçando o Helio P22. Não devemos ter muitas diferenças em termos de potência, uma vez que esses chips teoricamente se equivalem. Nas memórias, também não temos diferenças: 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento (expansíveis via microSD).

Ou seja, o Samsung Galaxy M01s segue como modelo bem básico no seu hardware, o que deve entregar a mesma experiência de uso mais pensada para os usuários de entrada ou com baixas exigências (e expectativas) em um smartphone.

Mas… calma… ainda vamos encontrar as verdadeiras diferenças entre esse e o modelo lançado em junho. Diferenças essas que podem efetivamente justificar a existência do novo modelo.

 

 

Nas câmeras, o Samsung Galaxy M01s conta com um sensor principal traseiro de 13 MP, acompanhado por um segundo sensor de 2 MP para os efeitos bokeh. Na câmera frontal, outra discreta melhora em relação ao modelo anterior, pois agora encontramos um sensor de 8 MP.

De qualquer forma, não espere muito dos resultados finais dessas câmeras. De novo: estamos diante de um smartphone de entrada com pequenas melhorias em relação ao modelo do mês passado, de modo que não consigo imaginar que foi justamente aqui que a Samsung decidiu dar o pulo do gato nesse upgrade.

Na bateria, o Samsung Galaxy M01s conta com 4.000 mAh. E as boas notícias acabam aqui: contar com uma recarga via MicroUSB que não é rápida em pleno 2020 é pedir para sofrer de gastrite nervosa.

E a grande novidade do Samsung Galaxy M01s é mesmo o leitor de impressões digitais na parte traseira, algo que não estava disponível no modelo original.

“Yay!” #ironic

 

 

 

Vale a pena?

 

 

Por 116 euros (já convertidos), o Samsung Galaxy M01s é um smartphone para quem quer o básico do básico do básico, e me pergunto se realmente vale a pena o esforço ou a correria por causa dele. Tá, ele é melhor do que muitos telefones de entrada de marcas chinesas que oferecem especificações menores do que essa. Porém, já sabendo como funciona o mercado brasileiro, dá até para apostar que este modelo, se chegar por aqui (seu lançamento no Brasil não está confirmando no momento em que esse post foi produzido), vai ter um preço levemente superestimado.

Ou quem sabe não: o modelo com Snapdragon pode custar mais caro que sua versão com MediaTek.

 

 

 

Samsung Galaxy M01s: ficha técnica

 

Tela: PLS TFT LCD de 6,2 polegadas com resolução HD+ (1520×720 pixels) e notch Infinity-V
Processador: octa-core MediaTek Helio P22
RAM: 3 GB
Armazenamento: 32 GB expansíveis com microSD de até 512 GB
Câmera frontal: 8 megapixels (f/2,0)
Câmeras traseiras: 13 megapixels (f/1,8) + 2 megapixels (f/2,4)
Bateria: 4.000 mAh
Conectividade: Wi-Fi 802.11n, Bluetooth 4.2, GPS, Glonass, Beidou, Galileo, conexão para fones de ouvido, micro-USB
Sensores: acelerômetro, luminosidade, proximidade, impressões digitais
Sistema operacional: Android 9 Pie com interface One UI Core 1.1
Dimensões: 156,9 x 75,8 x 7,8 mm
Peso: 168 g

 

 

Via Samsung


Compartilhe