TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Gadget do Dia | Microsoft Surface Pro 9 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tablets | Gadget do Dia | Microsoft Surface Pro 9

Gadget do Dia | Microsoft Surface Pro 9

Compartilhe

O Microsoft Surface Pro 9 marca os 10 anos dos tablets da empresa com Windows, o que pode ser considerado uma vitória para a gigante de Redmond, já que as primeiras gerações do dispositivo receberam uma série de críticas por ficarem aquém do que poderia ser.

Hoje, tudo mudou. A Microsoft não poupou esforços para melhorar a qualidade do Surface, que se tornou o rei dos dispositivos conversíveis. Tudo bem, ele pouco evoluiu em relação ao Surface Pro 8, mas isso acontece porque ele não precisa ir muito além do que já é, e não há concorrentes para justificar uma evolução.

Dito isso, vamos mostrar neste artigo as principais características do Microsoft Surface Pro 9, e descobrir se vale a pena investir o seu dinheiro nele.

 

Algumas poucas melhorias

O Microsoft Surface Pro 9 conta com uma tela de 13 polegadas PixelSense (2.880 x 1.920 pixels) touch com taxa de atualização de 120 Hz e proteção pelo cristal Gorilla Glass 5. Aqui, é o mínimo que se pede para esse tipo de dispositivo, ou um pouco a mais por causa do formato de tela pensado na maior produtividade nas atividades profissionais.

No seu interior, o tablet abriga a sua principal novidade na nova geração, como o processador Intel Core i5 ou i7 de 12ª geração (Alder Lake) da série U (de baixo consumo energético), trabalhando com até 32 GB de RAM LPDDR5, gráficos Intel Iris XE e até 1 TB de armazenamento interno via SSD.

Aqui, fica claro que o Microsoft Surface Pro 9 é pensado na mobilidade e não necessariamente na potência bruta, o que faz muito sentido. Na ausência de outros tablets conversíveis para competir com ele, seus principais adversários são os ultrabooks ou computadores ultrafinos que prometem pelo menos um dia de uso longe da tomada.

Ou seja, não espere um tablet gaming neste produto, pois ele nunca se propôs a ser.

Na autonomia de uso, o Microsoft Surface Pro 9 é similar ao modelo anterior, prometendo até 15,5 horas de uso longe da tomada. Em teoria, é esperado que os chips Alder Lake sejam mais eficientes que os seus equivalentes na geração anterior (os testes práticos mostram isso), mas o tempo de uso pode variar de acordo com o tipo de uso que você dá para o dispositivo.

Uma das novidades no Microsoft Surface Pro 9 é a presença de uma versão do dispositivo com conectividade 5G, o que oferece uma maior versatilidade de uso para o tablet (ao mesmo tempo, pode comprometer essa autonomia de mais de 15 horas prometidas pela Microsoft). O novo modelo recebe um processador desenvolvido especificamente para ele pensado na conexão com as redes de nova geração: o Microsoft SQ3, fabricado pela Qualcomm (Snapdragon).

Se esse chip for tão eficiente quanto se propõe a ser para os dispositivos móveis, o Microsoft Surface Pro 9 pode se dar bem e até mesmo oferecer a autonomia de uso desejada ou prometida pela gigante de Redmond. A conferir como o produto vai se comportar na prática.

Os dois modelos contam com Bluetooth 5.1, câmera traseira de 10 MP (vai que você realmente precisa registrar fotos com um tablet, algo que sinceramente acho bem difícil de acontecer) e alto-falantes estéreo compatíveis com a tecnologia Dolby Atmos, para quem busca uma maior imersão no consumo de conteúdos multimídia.

O dispositivo ainda conta com conectividade sem fio WiFi 6E, um chip de segurança para manter a integridade dos dados armazenados em caso de ataques hacker e duas portas USB-C certificado com USB 4.0 e Thunderbolt 4.0. Nesses dois itens, vejo importantes atualizações de hardware que entregam uma melhor desempenho e experiência de uso para a transmissão de dados entre dois dispositivos.

Nem preciso dizer que o Microsoft Surface Pro 9 vai receber o Windows 11 como sistema operacional na versão Home. E além do uso dos aplicativos que normalmente podem ser encontrados na Microsoft Store, também está disponível o aceso à Amazon App Store para que você possa instalar e utilizar nos aplicativos Android.

Como novidades nos aspectos de software, a Microsoft introduz no Microsoft Surface Pro 9 o Xbox Game Pass Ultimate e o Microsoft 365 com 30 dias de uso gratuito para os dois serviços. Um pequeno presente da empresa para aqueles que vão apostar nessa proposta.

 

Microsoft Surface Pro 9: preço e disponibilidade

O novo Microsoft Surface Pro 9 estará disponível lá fora a partir de 7 de novembro, e o seu preço inicial sugerido é de 1.299 euros. Não há previsão de lançamento do produto para o Brasil, ou se em algum momento no futuro ele vai desembarcar em nosso mercado.

Confesso que esperava um pouco mais do Microsoft Surface Pro 9 nas suas especificações. Tudo bem, ele tem mais do que o suficiente para executar o Windows 11 sem maiores problemas. Porém, com o seu preço e a sua proposta de dispositivo Pro, o seu processador é o mais básico da família Alder Lake, e os usuários que desejam ir um pouco além neste aspecto ficam limitados pelo hardware.

Você poderá utilizar o Microsoft Surface Pro 9 para as principais tarefas de produtividade, mas terá problemas para editar vídeos nele. Também não poderá executar jogos instalados com facilidade, mas pelo menos terá o benefício de ter um bom desempenho nos jogos por streaming.

Eu realmente não sei se esse produto entrega uma boa relação custo-benefício. Ele certamente vai atrair o interesse de quem gosta dessa proposta de tablet híbrido. E, mesmo assim, até mesmo para um tablet ele pesa mais que muitos dos seus concorrentes (879 gramas, mas não sabemos se é com ou sem o teclado).

Mas está feito o registro de sua existência, e isso é o que realmente importa.


Compartilhe