Compartilhe

Ford vs Ferrari é um verdadeiro presente para os amantes do automobilismo como um todo. Eu sei que muita gente por aí só entende que automobilismo é apenas a Formula 1 (e muita gente abandonou o esporte depois que Ayrton Senna faleceu). Mas acho que até esse grupo vai se interessar por essa história.

O filme conta como a Ford derrotou a Ferrari pela primeira vez nas 24 Horas de Le Mans, desenvolvendo um carro vencedor em apenas 90 dias, com a participação fundamental de um engenheiro que era o único norte-americano a vencer a corrida como piloto, e com um piloto maluco e perdidamente apaixonado por carros de corrida.

E não… eu não estou contando spoilers do filme, pois essa vitória (e as outras três que vieram depois) são fatos históricos. O que pode surpreender você é o pacote de detalhes que aconteceram até essa vitória se concretizar. E é nesse recheio de eventos que está toda a graça do filme.

 

 

Uma declaração de amor ao automobilismo

 

 

Dá pra sentir que os protagonistas de Ford vs Ferrari não apenas conversam com os fãs das corridas de automóvel, mas também representam esses fãs na linha narrativa de um filme que vai além de mostrar como a montadora americana superou a montadora italiana em uma das provas mais tradicionais do automobilismo.

O filme tem uma atmosfera muito imersiva, colocando o espectador como testemunha ocular dos eventos dentro e fora das pistas, inclusive como parte do carro em desenvolvimento, do grupo de executivos, do time de mecânicos e até mesmo como os familiares dos envolvidos.

É um filme gentil a ponto de lembrar daqueles que só podem torcer e sofrer de longe e, ainda assim, são partes importantes da construção da trama. E é uma história que diz a que veio sem apelar para exageros gráficos ou absurdos de narrativa.

Eu entendo perfeitamente que Ford vs Ferrari utiliza uma boa dose de computação gráfica em alguns momentos. Mas a sua ambientação e produção beiram à perfeição, a ponto de você não diferenciar direito uma coisa da outra. Se tem computador ali, dificilmente você vai saber dizer onde está.

Sem falar no cuidado em utilizar carros de verdade e motores de verdade (dá para sentir claramente as diferenças de roncos dos motores Ford e Ferrari) para construir um universo espetacular, onde qualquer fã vai se sentir muito a vontade com tudo o que vai ver.

 

 

Ford vs Ferrari é um dos melhores filmes de 2019, e eu não estou dizendo isso porque sou um fã de automobilismo (e, obviamente, o filme conversa diretamente comigo). A produção é impecável, o roteiro é muito bom, é um filme de 2h30 que não cansa, e a dupla Matt Damon e Christian Bale está ótima.

É o filme redondo, que não apela para o exagero ou para gráficos espetaculares. Conta a história que tem que contar, agrada em cheio ao público alvo e abraça os leigos ou menos fiéis ao mundo do esporte a motor.

Altamente recomendado para qualquer pessoa. Mostra como a paixão por um esporte pode ajudar a revolucionar toda uma indústria, mudando o mundo que conhecemos.

 


Compartilhe