Compartilhe

A Fitbit apresentou uma leva de novos smartwatches, que vamos apresentando nos próximos posts. Nesse post, vamos falar sobre o Fitbit Sense, o modelo mais avançado da empresa até agora, e claramente focado no monitoramento da saúde.

 

 

 

Fitbit Sense: principais características

 

 

Este é o primeiro smartwatch a contar com um sensor EDA (sensor de atividade eletrodérmica), que trabalha com um sensor de ritmo cardíaco, um app de ECG e um sensor de temperatura corporal. E tudo isso existe para controlar o seu estresse.

O sensor EDA mede a resposta da atividade eletrodérmica, detectando pequenas alterações elétricas no nível de suor da pele, o que ajuda a compreender melhor como nosso corpo reage diante do estresse. Além de oferecer o nível de estresse, o relógio oferece sessões de meditação ou relaxamento para ajudar a reduzir o estresse no corpo.

O Stress Management Score calcula a resposta do corpo ao estresse baseado no ritmo cardíaco, no sono e dados de atividades diárias. Além disso, o Fitbit Sense conta com a tecnologia PurePulse 2.0, que inclui um sensor de ritmo cardíaco mais avançado e algoritmos melhorados.

Agora, o sensor informa quando a pulsação está muito alta ou muito baixa, além de ser capaz de realizar eletrocardiogramas, criar um relatório e enviar os resultados para o seu médico (recurso exclusivo para os Estados Unidos, por enquanto).

Por fim, o sensor de temperatura da pele pode detectar mudanças de comportamento que podem ser potenciais sinais de febre, doenças ou o início do período menstrual. Ele analisa a temperatura da série durante o sono para detectar variações e encontrar tendências de enfermidades.

 

 

Hora de falar do design do Fitbit Sense.

O dispositivo possui acabamento em alumínio aeroespacial e aço inoxidável, e possui resistência à água de até 50 metros. Seus cantos são levemente arredondados, e um botão háptico do lado esquerdo controla seus comandos.

Na frontal, o Fitbit Sense recebe uma tela AMOLED touch com Alway On e Gorilla Glass 3, com maior resolução e resposta mais rápida que os mdoelos anteriores. A interface também foi renovada para adicionar widgets personalizados e notificações reformuladas, entre outros recursos.

O Fitbit Sense oferece um app do Spotify para controlar a reprodução musical, assim como a opção de downloads de músicas e podcasts do Deezer e Pandora. Recebe mais de 20 modos esportivos e detecção automática, sendo assim capaz de saber quando começamos a realizar esportes e rastreando a atividade automaticamente.

 

 

Por fim, no seu interior, encontramos um sensor GPS integrado, um alto-falante e microfone para receber chamadas telefônicas e responder mensagens usando comandos de voz, NFC para pagamentos via Fitbit Pay e bateria com autonomia de até seis dias de uso. E você pode alternar entre os assistentes de voz Amazon Alexa e Google Assistente.

 

 

 

Fitbit Sense: preço e disponibilidade

 

O Fitbit Sense tem preço sugerido de 329,95 euros, e não tem previsão de lançamento para o mercado brasileiro.

 

 

Via Fitbit


Compartilhe