Game of Thrones foi o maior fenômeno televisivo da década, e o final da série deixou muita gente carente de um conteúdo para ficar ali, toda semana, assistindo e comentando na internet. Mas esse não foi o único adeus. A série sempre funcionou muito bem nos downloads de torrents, e se despede sem bater o recorde estabelecido por ela mesma em 2015, quando mais de 250 mil usuários compartilharam o final da quinta temporada.

Era esperado que o series finale de Game of Thrones superasse essa marca, levando em conta a audiência global da série que só aumentou. Mas um dia depois da exibição do episódio, são 200 mil usuários que compartilharam os três torrents mais populares do episódio. Não são números espetaculares, mas são muito superiores aos 80 mil usuários que compartilharam o primeiro episódio da oitava e última temporada.

 

 

O mundo dos downloads mudou… para sempre?

 

 

O TorrentFreak (que coletou os números) indica que a redução dos downloads não significa que Game of Thrones está menos popular, ou porque agora se consome mais conteúdos pelos canais oficiais, mas sim pelas mudanças produzidas no ecossistema de downloads ou na reprodução de conteúdos, já que muitos evitam em falar de ‘downloads’ nos seu sentido tradicional.

Muitos usuários que realizavam downloads de torrents estão migrando para outras formas de consumo de conteúdo. Os sites que antes ofereciam via de download agora permitem a reprodução direta do conteúdo.

Ainda que muito provavelmente o recorde de 2015 não será superado (a não ser que apareça um megahit ainda maior que Game of Thrones), não podemos descartar que o fechamento dos sites de vídeo online também influenciam nessa equação. Nesse contexto, os torrents já demonstraram há anos ser uma das fontes de downloads mais sólidas da internet.

 

 

Outros fatores que podem influenciar na queda dos downloads

 

 

Nos Estados Unidos, a exibição da HBO do episódio final de Game of Thrones bateu todos os recordes de audiência das temporadas anteriores, com 13.6 milhões de pessoas na audiência linear (que assistiram pela TV tradicional) e 19.3 milhões somando todas as plataformas (audiência linear, HBO Go e HBO Now). O fato de contar com esses serviços e a facilidade de contratá-los em separado também explicam a queda dos torrents nesse mercado.

Além disso, a expansão da Netflix, a possibilidade de assistir a HBO em mercados mais específicos e a disponibilidade de plataformas online que exibem o conteúdo dos canais HBO permite que muita gente acesse ao conteúdo pagando, quando antes apenas a TV paga era a via para exibir aquele conteúdo, e isso exigia um investimento de dinheiro muito maior do que as assinaturas online atuais.

 

Via TorrentFreak