Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Ficarei sem WhatsApp a partir de hoje se recusei os novos termos de uso do aplicativo?

Ficarei sem WhatsApp a partir de hoje se recusei os novos termos de uso do aplicativo?

Compartilhe

Foi o próprio WhatsApp quem causou essa confusão junto aos seus usuários, que acabaram recebendo do nada uma notificação informando que novos termos de uso da plataforma entrariam em vigor em 8 de fevereiro de 2021. E aqueles que não concordassem com os novos termos não poderiam usar a plataforma.

A ação foi tão repentina, que muita gente nem leu o que aprovou ou reprovou, o que gerou dúvidas generalizadas nos mais leigos, e muitas desconfianças entre os mais experientes. Sem falar na enorme quantidade de notícias falsas e golpes envolvendo essa situação.

explicamos aqui no blog os detalhes relativos à nova política de privacidade e termos de uso do WhatsApp, mas esse post existe para reforçar a informação correta e tranquilizar aqueles que decidiram não aceitar os termos, e agora estão com receio que o serviço pare de funcionar a partir de hoje.

 

 

 

Nada vai mudar, porque nada mudou

 

 

Diante de toda a confusão, o WhatsApp voltou atrás, e decidiu adiar em três meses a vigência dos novos termos de uso. Ou seja, nada vai mudar na sua conta dentro do serviço, e você vai poder utilizar a plataforma normalmente, apesar de hoje ser 8 de fevereiro de 2021.

O WhatsApp já anunciou de forma ampla pelo menos três mudanças importantes sobre o assunto envolvendo as políticas de uso da plataforma.

  1. Os novos termos de uso do WhatsApp só vão entrar em vigor em 15 de maio, o que é tempo mais que suficiente para que os usuários possam aceitar ou não esses termos e condições, inclusive com maior consciência sobre o assunto.
  2. Os usuários serão novamente notificados sobre as mudanças nos termos de uso do WhatsApp, e a plataforma promete uma comunicação mais clara e direta com os seus usuários.
  3. Os termos de uso serão modificados, não apenas para que se tornem mais claros para os usuários, mas também para garantir que o cruzamento de dados não representa uma coleta generalizada de informações do usuário.

 

 

 

Você ganhou mais tempo para ler tudo com mais atenção

 

Ou seja, você passa a ter mais tempo para entender exatamente quais são os dados do WhatsApp que poderão ser compilados, esclarecendo que elementos simples como chamadas de voz, mensagens, fotos e vídeos continuam a ser codificados ponta a ponta, onde apenas o emissor e o receptor poderão ler ou visualizar tais informações. E mais ninguém.

Por outro lado, a página oficial do Facebook (proprietária do WhatsApp) reforça tanto a nova data para aceitar todas as condições (até 15 de maio) como a não suspensão ou eliminação de contas na plataforma em 8 de fevereiro.

Essa comunicação também foi divulgada nos Status do WhatsApp, oferecendo uma via de comunicação mais direta e amigável entre a plataforma e o usuário, informando as mudanças que estão por vir para um grupo muito maior de pessoas.

É a forma que o WhatsApp encontrou para ser mais transparente na hora de explicar as mudanças que estão por vir na plataforma. E isso era necessário, pois a comunidade de usuários demonstrou uma preocupação muito maior em relação aos seus dados pessoais, a ponto de procurar outras alternativas para suas comunicações pessoais.


Compartilhe