TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Faz sentido pagar 5.000 reais em um celular? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas de Compras | Faz sentido pagar 5.000 reais em um celular?

Faz sentido pagar 5.000 reais em um celular?

Compartilhe

Fato: a faixa de preço estabelecida pelo mercado para um smartphone top de linha (e aqui eu não estou considerando os telefones premium, que são bem mais caros) está na casa dos R$ 5 mil.

Você até pode encontrar um telefone top de linha custando um pouco menos que esse valor, mas apenas em promoções pontuais. Um telefone que seja completo nas especificações técnicas não custa menos do que os famigerados R$ 5 mil.

Estamos com 2023 batendo na porta, e muitas pessoas ainda levantam um questionamento que se fez presente ao longo dos últimos 10 anos (pelo menos)…

Vale a pena pagar tão caro por um smartphone?

 

Um smartphone que é capaz de tudo

Muitas pessoas entendem que pagar tanto por um smartphone é algo desnecessário, ou que não existem modelos que justificam preços tão elevados.

Por outro lado, outro grupo de usuários (bem menor, diga-se de passagem) compreende que a tecnologia de ponta tem um preço, e que é preciso ter a coragem de pagar o preço para ter o melhor produto nas mãos.

No meio do caminho, existem os produtos, que custam aquilo que os fabricantes entendem que ele deve ou merece custar.

Há quem se conforme com um smartphone que custa no máximo R$ 2.500. Existem aqueles que aceitam pagar no máximo R$ 1.500. E todos estão certos nos respectivos raciocínios individuais.

Porém, é importante levar em consideração o tipo de uso e as funções específicas que o dispositivo vai ter. Não vale a pena gastar a mais apenas para mandar mensagens nos comunicadores instantâneos ou jogar Candy Crush.

Por outro lado, um smartphone top de linha com preço sugerido de R$ 5.000 ou mais conta com várias vantagens em relação aos demais modelos. A principal delas é a qualidade das fotos registradas em um dispositivo como esse.

Um smartphone premium pode entregar fotos perfeitas (ou algo próximo a isso), o que é impossível de se conseguir em um telefone de linha média. Logo, se você é um jornalista, blogueiro ou um produtor de conteúdo independente (é o meu caso), vai precisar de um smartphone que entregue a melhor capacidade fotográfica possível e, de quebra, a melhor tecnologia de transmissão e recepção de dados móveis.

Outro grupo que precisa ter um smartphone potente é o que envolve os profissionais de eSports que jogam com esse tipo de dispositivo. Neste caso, é necessário um dispositivo que seja consideravelmente potente e estável, além de uma boa tela para visualizar o conteúdo de forma perfeita e impecável.

Você até pode encontrar telefones de linha média premium que podem rodar bem a maioria dos jogos disponíveis no mercado. Porém, esses dispositivos jamais vão chegar perto de entregar o mesmo desempenho de um smartphone gaming de toda regra.

Ou seja, quem quer jogar no telefone sem maiores problemas ou em nível profissional terá que colocar a mão no bolso e investir em um produto que entrega o melhor desempenho possível.

Por fim, considere também o número de atualizações que esse telefone vai receber. Dispositivos top de linha com o sistema operacional Android tendem a receber mais updates e correções do que modelos de entrada ou intermediários.

Aqui, é sempre importante lembrar que a Apple chega a garantir até seis anos de atualizações para os seus dispositivos, e sempre mantendo um desempenho incrível para os modelos com muitos anos de vida.

Já o Android ainda não aprendeu a oferecer um suporte tão competente, o que faz com que os usuários que desejam uma maior longevidade nos seus produtos acabe olhando com um pouco mais de lupa entre as opções disponíveis.

 

Em resumo: tudo depende do uso que você vai dar

Para quem só vai usar o WhatsApp, as redes sociais e outras tarefas mais básicas ou do dia a dia, um smartphone que custa R$ 5.000 pode ser algo realmente exagerado. Ninguém precisa gastar tanto para fazer o trivial no dispositivo.

Agora, se você é um profissional com necessidades específicas e quer obter a melhor experiência de uso possível, vale sim a pena apostar em um dispositivo top de linha, desde que a sua saúde financeira permita que você se aventure a pagar os valores exigidos pelos fabricantes.

O simples fato de receber várias atualizações com o passar do tempo é algo considerado fundamental para justificar o investimento adicional em um telefone top de linha. Além disso, você vai receber as últimas novidades e correções do Android antes de todo mundo, sem falar que o desempenho é excelente em todos os sentidos.

Feitas as considerações, eu espero ter ajudado na sua decisão. E sempre escolha o que é melhor para você no mundo da tecnologia (e na vida também).

Boa sorte!


Compartilhe