O Facebook anunciou o lançamento do Messenger 4, nova versão simplificada do seu aplicativo de mensagens, pensada em todos que desejam uma experiência de uso mais simples e prática.

7 de cada 10 pessoas (71%) preferem a simplicidade em um aplicativo de mensagens, e 62% entendem que enviar mensagens os fazem sentir mais próximos de seus amigos.

Dito isso, o Messenger 4 foi criado pensado na retroalimentação para oferecer um design simples, com características poderosas que são focadas na mensagem e em conectar pessoas.

 

 

A nova versão reduziu consideravelmente o seu número de abas. No lugar de nove abas, temo agora apenas três. A aba Chats, onde estão as conversas individuais e em grupo, a aba Pessoas, onde estão os amigos, quem está online e o Facebook Stories, e a aba Descobrir, que vai facilitar a conexão com empresas, leitura de notícias, acesso ao Internet Games e outros.

Você pode personalizar as conversas, modificar nomes, emojis e cores do chat, adotar cores em degradê nas bolhas de conversas, entre outras personalizações. Também é possível modificar as cores do chat a qualquer momento para refletir o seu estado de ânimo ou tema de uma conversa.

 

 

O Facebook observa que, mesmo com todas essas mudanças, eles conservam todas as características que servem para ajudar a nos conectar com pessoas, incluindo as enquetes, recursos para dividir uma conta, compartilhar a localização em tempo real, criar desafios em jogos, realizar uma chamada de vídeo em grupo, entre outras.

A empresa também se compromete a seguir adicionando outras características ao Messenger em um futuro próximo, como o Modo Escuro, uma nova aparência para a interface desenvolvida para reduzir o brilho da tela, entre outras funcionalidades.

 

 

É o Facebook tentando ouvir o seu principal produto: o usuário. Para isso, preciso seguir se renovando e se modificando. Mudar é preciso para conter o êxodo diante de tantos escândalos.

O Messenger 4 estará disponível de forma gradual nas próximas semanas.