TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Faça isso para NÃO manter o seu PC seguro | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Faça isso para NÃO manter o seu PC seguro

Faça isso para NÃO manter o seu PC seguro

Compartilhe

O tema de segurança de dados continua a ficar em evidência, e os usuários precisam de tempos em tempos redobrar as atenções para esse importante aspecto do mundo tecnológico. O problema é que existem outros tantos que não ligam tanto para isso na hora de usar o computador.

Vamos seguir insistindo na estratégia da prevenção, até mesmo para que o remédio não seja o mais amargo no futuro. Por isso, vamos mostrar neste post coisas que JAMAIS DEVEMOS FAZER se queremos manter o nosso computador a salvo e livre de ameaças virtuais mais sérias.

 

 

 

Navegar por sites de torrent recheados de SPAM

O problema nem é fazer o download de conteúdos em torrent (e não vou entrar no mérito da discussão de sua legalidade neste post), mas sim em insistir no acesso dos sites que entregam SPAM e propaganda a cada clique.

Tudo o que esses sites querem é coletar dados do seu computador e até mesmo promover uma invasão com sequestro e solicitação de resgate. E isso pode sair muito mais caro que as assinaturas de plataformas de serviços de streaming que você insiste em não querer pagar.

 

 

 

A Microsoft quer fazer uma manutenção no seu computador?

Isso é mais comum lá fora do que aqui no Brasil, mas alguns usuários estão recebendo uma mensagem do “serviço de suporte da Microsoft“, pedindo que o usuário “ligue com urgência” para um determinado número de telefone onde supostamente serão resolvidos problemas de segurança com o seu computador.

Em muitos casos, é solicitado que o usuário instale aplicativos que supostamente realizam a assistência remota nos computadores. Mas neste caso, tudo o que os meliantes querem é roubar os seus dados e sequestrar o PC.

Muito cuidado com isso.

 

 

 

Abrir arquivos que não coincidem com o formato correto do download

Você recebe um contrato de trabalho que deveria estar em formato .DOCX, mas na realidade está em formato .EXE? Nem pense em abrir esse arquivo.

Isso é algo bem comum em arquivos de mídia, mas na verdade arquivos de diferentes formatos podem passar por esse tipo de golpe. Antes de abrir qualquer arquivo recebido por e-mail ou salvo via download, deixe o Windows Defender avaliar o arquivo. Se ele encontrar algo estranho, ele será eliminado.

 

 

 

Usar a mesma senha em todos os sites

Este é um erro tão primário, que nem vou me estender muito nas explicações.

Usar a mesma senha em todos os sites é um claro sinal de preguiça, já que até o Google Chrome pode atuar como criador e gerenciador de senhas, caso você não queira utilizar um software dedicado e específico para essa tarefa.

Logo, deixe de ser negligente com você mesmo e faça a coisa certa ao menos uma vez: crie senhas complexas e deixe que um software gerencie tudo.

 

 

 

Digitar informações pessoais em páginas que não contam com certificado SSL

O certificado SSL vincula de forma digital uma chave criptográfica com os dados de um determinado site ou organização. Ou seja, esses sites são mais seguros para inserir informações pessoais, pois os dados nele digitados ficam encriptados até que os mesmos cheguem ao seu destino.

Em termos práticos: se um site possui um endereço HTTPS, ele conta com a certificação SSL. Se só possui o HTTP, ele está desprotegido. Logo, não é muito recomendado inserir dados pessoais nos sites desprotegidos, pois você não sabe como esses sites vão lidar com os seus dados.

 

 

 

Plataformas de pagamento falsas ou pouco seguras

Alguns sites podem se passar por plataformas de pagamento ou e-commerces famosos, quando na prática eles só existem para enganar você e roubar os seus dados.

Verifique sempre se um site permite pagamentos via PayPal, se implementam serviços bancários seguros, se seus formulários estão com dados protegidos e outras mecânicas fundamentais para manter a segurança dos seus dados.

 

 

 

Entrar em uma rede pública e inserir os seus dados privados

Uma rede WiFi pública é uma porta aberta para o roubo de dados, e inserir dados privados ou bancários enquanto navega na internet conectado nessas redes é pedir para ter seus dados roubados.

O melhor que você pode fazer é usar a rede de dados móveis do seu smartphone, ou usar uma conexão VPN para proteger os seus dados de navegação de olhos de terceiros.

 

 

 

Cuidado com os encurtadores de links

Ferramentas que encurtam links de internet acabam mascarando o endereço real de uma página ou site, e a maioria dos links fraudulentos se valem dessa ferramenta para enganar os usuários mais distraídos.

Neste caso, você pode usar máquinas virtuais para evitar que aquele link acabe infectando o seu computador, ou até mesmo recorrer aos navegadores web via pendrive, pois esses não armazenam dados em cache no equipamento.

 

 

 

Tem certeza que é o seu banco?

Com certeza você já recebeu uma mensagem de SMS enviada “pelo seu banco”, informando que você vai perder o cadastro na conta ou pedindo o acesso para atualização de dados cadastrais.

Os bancos não fazem isso. Se você precisa atualizar qualquer coisa em uma instituição bancária, faça isso pelo aplicativo oficial do próprio banco. E tome cuidado com os links fraudulentos enviados pelas mensagens de SMS.


Compartilhe