Explicando os novos termos de uso do WhatsApp em 2021

Compartilhe

Algumas pessoas estão confusas sobre os novos termos de uso do WhatsApp, já que o alerta sobre a mudança desses termos apareceu na tela dos dispositivos dos usuários “do nada”.

A mais recente mudança dos termos de uso do WhatsApp é mais importante que as demais, pois não só impede o uso da plataforma em caso de não aceitação. Ela também autoriza o cruzamento de dados entre o serviço de mensagens e o Facebook, entre outras mudanças.

Neste post, vamos explicar melhor o que mudou, para que você fique ciente de tudo, o que permite que cada um tome a melhor decisão para cada cenário específico de uso.

 

 

 

O aviso que você recebeu no seu WhatsApp

 

E se ainda não recebeu, ainda vai receber.

A mensagem que está aparecendo para os usuários do WhatsApp informa sobre as mais recentes mudanças nos termos e condições de uso do aplicativo. Essa é uma obrigação da plataforma e um direito que você tem.

O problema é que o resumo das mudanças nos termos do WhatsApp é um tanto quanto vago, o que cria a necessidade de explicar algumas coisas.

A mensagem fala sobre como os dados dos usuários serão tratados pelo Facebook, as mudanças na política de privacidade, e a a unificação efetiva das mensagens do WhatsApp com o Instagram e o Facebook Messenger. Legalmente, a unificação começou com o comunicado que você está recebendo (e aceitando com as mudanças de termos).

O Facebook está se protegendo nos aspectos legais com essa notificação de mudança dos termos. Se você aceita as mudanças, não pode reclamar depois.

Os termos também protegem legalmente o Facebook sobre a coleta de informações de usuários (tempo de uso, modelo de smartphone, sua localização, tempo de conexão, etc). Sem autorizar isso, você também não pode usar o WhatsApp.

Também existem aspectos sobre como o WhatsApp vai trabalhar com os seus dados com terceiros, permitindo que empresas possam desenvolver soluções comerciais com essas informações, principalmente nos aspectos de publicidade. Isso passa a ser algo legal, agora que os usuários foram formalmente informados que seus dados são utilizados para isso.

Na prática, o WhatsApp vai funcionar do mesmo jeito que você já conhece, por enquanto. As atualizações dos termos são mais pensados na unificação das plataformas do Facebook. O único grande problema é aceitar as mudanças para seguir usando o serviço.

E isso incomoda muita gente.

 

 

 

E se eu não aceitar os novos termos? O que acontece?

 

Você tem que aceitar os novos termos do WhatsApp até 8 de fevereiro para seguir usando a plataforma. Depois disso, a sua conta no serviço vai deixar de funcionar… até que você aceite os novos termos.

ATUALIZADO EM 17/01/2021 @ 20h39: o WhatsApp decidiu voltar atrás, e a nova política de uso da plataforma só vai entrar em vigor no dia 15 de maio. Com vários questionamentos, a plataforma gerenciada pelo Facebook vai rever as políticas e a forma em como elas serão apresentadas. Os usuários serão novamente consultados sobre as mudanças.

 

 

 

Como será o futuro do WhatsApp?

 

 

O Facebook está unificando as suas plataformas, e no futuro poderemos manter as nossas conversas entre os diferentes serviços que estão sob o seu controle. Na teoria, é para tornar a experiência melhor para os usuários.

Mas na prática…

Você perdeu o poder de escolha: ou aceita que os seus dados serão compartilhados entre as plataformas para seguir utilizando o WhatsApp e os demais serviços do Facebook, ou encerra as suas contas em todos esses aplicativos.

Por enquanto, nada muda para os usuários do WhatsApp. Porém, com o passar do tempo, essas mudanças serão mais latentes e vivas para todos.


Compartilhe