Compartilhe

Números recentes da Internet Live Stats mostram que, no total, existem nesse momento 1.7 bilhão de sites em toda a web. Porém, o que mais chama a atenção nesses números é que a grande maioria desses sites estão nesse momento inativos. Ou seja, podemos dizer que a Internet é um grande cemitério de conteúdos.

Ao longo dos 27 anos de existência da internet em quase todo o mundo, o seu crescimento foi exponencialmente elevado, mas não deixa de surpreender ver tantos sites sem funcionar.

 

 

A internet e os seus sites mortos

 

 

Em 1992, quando só existiam 10 sites em toda a web, o momento era completamente diferente do que esse que vivemos agora. Literalmente, aqui “era tudo mato”. Apenas seis anos depois, em 1998, já existiam aproximadamente 2.4 milhões de sites. Um rápido crescimento que fechou a primeira década de vida da internet.

Mas foi em 2014 que algo histórico aconteceu: alcançamos a marca de 1 bilhão de sites web na internet. Algo que, em cinco anos, aumentou de forma impressionante, alcançando os 1.7 bilhão atuais. Mas números são frios e, de forma inacreditável, 99,94% dos sites está inativo ou morto.

Mas isso não deveria surpreender nem a mim, nem a você ou a qualquer pessoa que está por dentro do funcionamento da internet. Durante muitos anos, presenciamos o auge e o fechamento de várias modas que apareceram na web, como o MySpace ou várias outras redes sociais, as quais por conta das bruscas mudanças de tendências ficaram desabilitadas com o tempo.

Outro grande trabalho ao qual nesse momento damos muito valor é o surgimento dos buscadores. Como o Google, por exemplo. Graças a eles, podemos ver através de uma simples busca os sites mais interessantes, evitando navegar por esses 99,94% de sites que estão mortos, só se mantendo vivos nas lembranças de uma rede de comunicação infinita.

Já o TargetHD.net segue bem vivo. Obrigado por perguntar.

 

Via Mashable


Compartilhe