Wetten.com Brasil Apostas
Início » Dicas, Truques e Macetes » Evite que o antivírus do Windows 10 envie arquivos de amostra para a Microsoft

Evite que o antivírus do Windows 10 envie arquivos de amostra para a Microsoft

Compartilhe

Todo computador com sistema operacional Windows 10 da Microsoft conta com um programa chamado Segurança do Windows. Antes ele era chamado de Windows Defender ou Windows Security, mas o seu nome foi adaptado para o português do Brasil nas últimas versões.

Esse programa mantém o seu computador seguro e protegido das ameaças cibernéticas que existem na internet. Para isso, ele faz de tempos em tempos a varredura do seu equipamento, com o objetivo de localizar ameaças.

Mas isso não acontece de graça. E tem gente que desconfia dessa enorme generosidade da Microsoft.

 

 

 

Dados são enviados para a Microsoft. Você quer isso?

 

Para o Segurança do Windows conseguir realizar o seu trabalho de bloquear as ameaças cibernética, ele precisa verificar os dados e arquivos armazenados em seu computador e, em caso de detecção de algum vírus ou malware, enviar esses arquivos de amostra para os servidores da Microsoft para analisar essa ameaça.

Essa parte do processo é importante, pois esses dados são utilizados pela gigante de Redmond para aumentar a eficiência da Segurança do Windows. Vírus e Malwares podem se comportar de diferentes formas em diferentes equipamentos, e esses dados ajudam ao software de proteção estabelecer um sistema de proteção mais padronizado para diferentes cenários de ataque.

A Microsoft garante que não coleta dados do usuário neste processo de envio de arquivos de amostra. Mas você não necessariamente precisa acreditar na palavra da empresa.

Por isso, vamos mostrar neste post quais são os ajustes que você precisa fazer no Segurança do Windows para evitar esse envio de dados para os servidores da Microsoft.

 

 

 

Como bloquear o envio de dados de amostra

O processo que bloqueia o envio desses dados para a Microsoft é algo bem simples. E se você se arrepender da decisão que tomou, basta seguir os mesmos passos abaixo e fazer o caminho reverso para desfazer as configurações.

Basta fazer o seguinte:

 

  1. Primeiro abra o programa Segurança do Windows ou Windows Security, digitando o nome na barra de ferramentas de pesquisa.
  2. Uma vez dentro dele, clique na seção “Proteção contra vírus e ameaças”.
  3. Você verá um menu com várias opções, entre as quais está a “Configurações de antivírus e malwares”.
  4. Clique no botão “Gerenciar configurações” logo abaixo, em letras menores.
  5. Agora, procure a opção Enviar amostras automáticas, e você tem a explicação do recurso e o botão para desativar a função.

Compartilhe