TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Evite esses erros no uso dos pagamentos via NFC no smartphone | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Evite esses erros no uso dos pagamentos via NFC no smartphone

Evite esses erros no uso dos pagamentos via NFC no smartphone

Compartilhe

Nem tudo o que dá errado no seu smartphone é culpa do dispositivo ou do fabricante que decidiu desistir de atualizar o modelo que você comprou. Em alguns cenários, a culpa é sua, que não sabe usar um determinado recurso.

No caso do NFC, muitas falhas podem acontecer apenas e tão somente porque o usuário não sabe trabalhar com essa tecnologia. E o resultado disso são os problemas na hora de realizar pagamentos através do smartphone.

Neste artigo, vamos tentar ajudar os mais leigos mostrando quais são as falhas mais frequentes que podem acontecer na hora de realizar pagamentos com o NFC, e como você pode usar esse recurso da melhor e mais eficiente maneira possível.

 

Desligar o NFC porque você pensa que ele não é seguro

Esse é um dos erros mais comuns que os usuários mais leigos podem cometer. E aqui, é exatamente o contrário: o NFC é um recurso bem seguro, e pode ser utilizado por qualquer pessoa sem sofrer maiores riscos de vazamentos de dados ou hacking do dispositivo.

Por isso, muitos dos problemas que você pode enfrentar com o NFC no dia a dia aparecem apenas e tão somente porque a funcionalidade está desligada no seu telefone. Basta ligar a função, e tudo vai voltar a funcionar.

Para realizar pagamentos via NFC, basta você manter o telefone a uma distância adequada do dispositivo de pagamento, que é uma distância curta o suficiente para evitar que outro gadget intercepte os dados armazenados no telefone. E a grande maioria das pessoas pode perceber quando isso é feito de forma inadvertida ou não autorizada.

 

Usar um case muito grosso

Os usuários que pensam em deixar o seu smartphone com uma proteção mais robusta pensando nas quedas e acidentes físicos podem ter que pagar o preço de ter o funcionamento do NFC prejudicado no uso cotidiano.

Um case mais grosso pode resultar no não reconhecimento do chip NFC por parte dos terminais de pagamento por aproximação. E aqui, não tem jeito: a melhor solução é retirar o acessório protetor a cada vez que você utilizar o telefone para realizar pagamentos por aproximação.

Ou pensar em um novo case para que o NFC funcione direito. Se bem que, neste caso, você precisa avaliar o que vale mais (ou que é melhor para você): ter um case que protege melhor o smartphone, ou ter o recurso de pagamento por aproximação ativo, mesmo que isso custe um risco maior na integridade do telefone no caso de quedas.

No final, tenha mais cuidado com o seu smartphone e compre um case um pouco mais fino para proteger o dispositivo e, de quebra, poder pagar o ônibus com o smartphone.

 

Golpear o telefone com o dispositivo de pagamento

Isso é algo mais raro de acontecer, e apenas as pessoas que são realmente ignorantes sobre o mecanismo de funcionamento do NFC vão cometer esse tipo de erro.

Se você ainda não sabe, NFC significa Near Field Communication, ou Comunicação de Aproximação de Campo, em livre tradução. Isso significa que, diferente de outros mecanismos que exigem o contato físico entre as duas partes envolvidas, só é preciso que você APROXIME O TELEFONE DO LEITOR DE NFC para que tudo funcione.

Mesmo que o telefone necessite ficar muito próximo do mecanismo recebedor de pagamentos, o contato físico é totalmente desnecessário. Você não precisa chocar um dispositivo com outro, diferente de outras tecnologias que estamos acostumados a utilizar no nosso dia a dia.

 

O cartão cadastrado expirou ou não tem fundos

Neste caso, o problema não está no smartphone ou no chip NFC. Está na sua questão financeira, que é uma verdadeira bagunça.

Se o cartão de crédito ou débito que você cadastrou na carteira virtual do seu smartphone está sem saldo ou limite disponível, não existem milagres: a compra será recusada e, obviamente, o pagamento por aproximação não vai funcionar.

Além disso, a cada novo cartão físico ou virtual que você recebe, os dados do cartão antigo são expirados ou cancelados, e as tentativas de pagamento realizadas com os dados desse cartão serão canceladas, por motivos óbvios.

Além disso, considere a possibilidade do aplicativo ou método de pagamento não ser compatível com o seu banco ou fornecedor de cartão de crédito, algo que é menos raro do que parece. As instituições financeiras brasileiras ainda estão se adaptando ao formato de pagamentos por NFC através do celular, e nem todas estão prontas para oferecer o recurso para os seus clientes.

 

Conclusão

Se qualquer usuário de smartphone ficar atento aos conteúdos compartilhados neste artigo, incluindo aquele que não conta com conhecimentos mais aprofundados sobre o mundo da tecnologia, os problemas com o NFC se tornarão menos frequentes.

Basta ter um pouco mais de atenção para os detalhes inerentes ao recurso de pagamentos através do smartphone e compreender bem o funcionamento do recurso para incorporar esse formato para o seu cotidiano. Pagar via NFC é seguro, prático e moderno, e qualquer pessoa pode (e deve) contar com esse avanço tecnológico para agilizar um pouco mais o seu dia a dia.

Ganhe tempo pagando suas contas via NFC do smartphone.


Compartilhe