Eu odeio a Claro Residencial, com todas as minhas forças!
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Eu odeio a Claro Residencial, com todas as minhas forças!

Eu odeio a Claro Residencial, com todas as minhas forças!

Compartilhe

Eu me arrependo amargamente pelo dia em que comecei a recomendar os serviços da Claro NET para as pessoas. De verdade. O atendimento dessa empresa é abaixo do que considero algo respeitoso com qualquer consumidor.

E, antes de continuar, quero me certificar que serei o mais respeitoso possível, evitando palavrões, termos chulos ou extremamente ofensivos. Meu objetivo é alertar aos leitores e clientes em potencial das práticas condenáveis que a Claro NET está adotando com os seus assinantes.

 

 

 

De contratações misteriosas a cobranças indevidas

Nos últimos dois meses, estou quebrando a cabeça com a Claro NET. E não só eu: algumas pessoas que indiquei o serviço da empresa também sofreram com as práticas condenáveis.

Um dos problemas mais “simples” foi a “inclusão” de um pacote Premiere que apareceu “do nada”, depois que um vendedor da Claro entrou em contato com a cliente e prometeu melhorar a qualidade do serviço por “apenas R$ 10 a mais”. Detalhe: a cliente tinha 77 anos, um “alvo” da operadora para induzir ao erro.

Na semana passada, outra cliente contratou o serviço no seu novo apartamento. A operadora prometeu a instalação da internet e da TV por assinatura para o último sábado (15), mas o sistema da empresa só agendou a instalação para hoje (18). Isso é, se é que vão realizar o serviço de instalação hoje, já que quatro atendimentos diferentes “se confundiram” (aka mentiram) sobre a data de execução da instalação.

O mais sério que a Claro fez com um dos seus clientes foi vender o serviço do Claro Box TV como “TV por assinatura”, mas na prática considerá-lo apenas como “serviço de streaming” e, por isso, não incluir esse produto no seu combo.

Pior: por causa disso, induziu o cliente a contratar um plano de telefone fixo (algo que não foi solicitado), com a garantia que o mesmo não teria a mensalidade cobrada justamente para “montar o combo”. E, é claro (sem trocadilhos), a Claro cobrou a mensalidade desse telefone fixo.

Com esse histórico, é bem óbvio concluir que as práticas nefastas da Claro iriam me atingir em algum momento.

 

 

 

De volta para o futuro

Em 6 de maio de 2021, realizei a troca do meu Claro Box TV para um plano de TV Claro NET Top 4K. A instalação do equipamento e a habilitação do plano aconteceu nesta data. Antes disso, eu era um usuário do tal “serviço de streaming” da operadora.

Porém, ao receber a minha fatura com vencimento no dia 25 de maio de 2021, percebi que a Claro tinha a capacidade de viajar no tempo ou prever o futuro. Algo que deve render um bom dinheiro para a empresa.

Toda a fatura estava cobrando pelos serviços ativos durante o período entre 1 e 30 de abril de 2021… incluindo, de forma inacreditável, o plano de TV Claro NET Top 4K!

Eu pergunto: como é que a Claro adivinhou que eu iria assinar esse serviço em maio, e tomou a infeliz decisão de cobrar pelo serviço durante UM MÊS INTEIRO em um período que eu não contratei? Sério que a cobrança antecipada de TV por assinatura vai funcionar dessa forma, cobrando por um período de serviço que não foi utilizado pelo cliente?

Sério… se for isso, já posso considerar como QUEBRA DE CONTRATO, pois quando o produto foi vendido para mim, foi GARANTIDO que a cobrança do novo serviço seria em formato PRO RATA, ou seja, o proporcional do período contratado, a partir da data de instalação do serviço em meu apartamento.

 

 

 

Até quando, dona Claro?

A Claro está implorando para perder clientes, já que reclamações na Anatel e multas parecem ser dinheiro de pinga para a empresa.

Aliás, é preciso informar ao amigo leitor que a Claro também adota a questionável prática de dificultar a vida do cliente na hora de contestar cobranças indevidas, já que seus operadores são orientados a encaminhar os clientes para a Ouvidoria (cujo 0800 simplesmente não funciona), quando a URA (atendimento eletrônico) da empresa deixa claro que os clientes devem primeiro fazer a reclamação com o atendimento telefônico.

Para concluir, antes que o amigo leitor diga “existem outras opções”, quero deixar claro que “eu bem sei disso”. Escrevo sobre tecnologia na internet desde 2008, e sou um dos produtores de conteúdo que mais levantaram essa bandeira da liberdade de escolha dos serviços de telecomunicações no Brasil.

Agora… diga pra mim: qual operadora de internet, TV por assinatura e telefonia que é tão melhor que a Claro no atendimento?

Porém, eu não tenho escolha no meu prédio. Sou obrigado a usar a Claro NET porque é a única que está elegível em meu prédio. E outras pessoas que moram em apartamento estão na mesma situação.

De qualquer forma, não recomendo mais o serviços da Claro NET. O atendimento é péssimo, deixando o cliente falando sozinho e “dando de ombros” para práticas comerciais condenáveis.

No final das contas, só resta procurar a Anatel para corrigir os “equívocos” da dona Claro.

Se eu me encher de vez, a Claro para de ver o meu dinheiro. Simples assim.


Compartilhe