TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Este é o melhor mês para montar um PC Gamer | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Desktop PC | Este é o melhor mês para montar um PC Gamer

Este é o melhor mês para montar um PC Gamer

Compartilhe

Convenhamos: comprar um computador, independente da época do ano, é uma aposta. Uma aposta de risco, obviamente.

O mundo real está cada vez mais caro, o custo de vida muito mais elevado, e está difícil prever qual é o melhor momento para investir dinheiro em um computador ou notebook. Eu bem sei disso, e decidi não ter medo e investir o meu dinheiro na compra de equipamentos neste momento, sem olhar para o que o futuro pode me dizer em relação aos preços dos dispositivos.

Mas se você quer ser mais estratégico sobre o momento da compra de um novo computador, principalmente se as suas necessidades são avançadas ou para o universo gamer, o mês de agosto de 2022 pode ser um dos melhores para realizar este tipo de investimento.

 

 

 

Os fatores que explicam o melhor momento para a compra de PCs

Se você está lendo este post no presente (agosto de 2022), este pode ser o melhor momento para comprar um desktop ou um notebook. E os motivos combinados reforçam esse tipo de afirmação.

Para começar, as cotações das criptomoedas simplesmente despencaram. Os valores atuais do Bitcoin ou do Ethereum fez com que o interesse na mineração desses ativos diminuísse naturalmente, e o principal efeito prático disso é a redução das vendas das placas gráficas.

Sem falar que as contas de energia elétrica estão mais caras ao redor do mundo diante do conflito que existe entre Rússia e Ucrânia desde o começo do ano, o que faz com que a aventura das criptomoedas fique cada vez mais arriscada e perigosa (para o bolso).

Resultado: AMD e NVIDIA estão com estoques enormes de placas gráficas que não foram vendidas. E a única forma de se livrar dessas unidades que estão encalhando nos armazéns e lojas é reduzindo os preços das GPUs.

Fontes internas na AMD e na NVIDIA informam que as duas empresas estão preparando novos recortes nos valores de suas placas gráficas para o final de agosto, já pensando até mesmo na antecipação em relação aos principais períodos de vendas promocionais que normalmente acontecem no final do ano.

E quando olhamos para um passado não muito distante, é possível detectar de forma muito clara em como as vendas de GPUs simplesmente despencaram ao longo de 2022. E isso aconteceu não apenas por causa do enfraquecimento do interesse nas criptomoedas, mas também pela natural queda nas vendas do mercado de PCs.

Afinal de contas, a grande maioria dos usuários já compraram novos equipamentos ou trocaram os seus dispositivos atuais por modelos mais potentes. Já outros usuários optaram por atualizar os seus atuais equipamentos, dando uma sobrevida aos PCs de alguns anos que ainda contam com um bom desempenho, ao mesmo tempo que economizam algum dinheiro que pode ser investido em outras tecnologias que aumentam a produtividade ou o entretenimento na frente do computador.

 

 

 

E a tendência é que os preços vão continuar a cair

No momento em que você está lendo este post tranquilamente no seu quarto, durante a aula de matemática ou no ônibus lotado voltando para casa, a grande maioria das placas gráficas comercializadas pela AMD e NVIDIA estão com preços muito abaixo dos preços de venda ao público. O que não era algo muito difícil de ser alcançado.

Nos últimos dois anos, a flutuação dos valores das GPUs foi enorme. Em alguns momentos nos últimos dois anos, os valores ficaram até 100% mais caros com relativa facilidade, algo que chegou a assustar os entusiastas de tecnologia.

E mesmo após uma queda expressiva nos valores das placas gráficas, os fabricantes ainda enfrentam enormes dificuldades para vender esse hardware. Muito em partes porque o mundo está em crise financeira severa, mas também porque o mercado “se acomodou” como um todo.

Quem tinha que comprar uma nova GPU já comprou. Pelo menos essa é a impressão que fica.

Agora, tanto AMD como NVIDIA estão pagando a conta. Os respectivos resultados financeiros do segundo trimestre de 2022 para as duas empresas mostraram como o segmento de GPU está mal das pernas, com uma queda violenta no envio de unidades para o mercado.

Desse modo, tanto AMD como NVIDIA decidiram reduzir ainda mais os preços de suas placas gráficas. E dessa vez, a queda nos valores vai acontecer de forma mais significativa e acentuada, e os impactos nos valores finais para o consumidor devem se refletir nas lojas a partir do final do mês de agosto.

Além disso, há quem diga que a NVIDIA retomou a produção de sua placa gráfica NVIDIA RTX 3080 de 12 GB para fazer frente ao excesso de inventário de suas GPUs GA120, chip que hoje é utilizado em pelo menos cinco placas gráficas diferentes da empresa.

A conclusão de tudo isso é que aqueles usuários que estão esperando o melhor momento para a compra de uma nova placa gráfica para o atual computador, ou quer investir em um novo PC com uma GPU mais potente, o mês de agosto pode ser o momento perfeito para realizar este investimento.

Ou quem sabe é melhor esperar um pouco mais para ver como essa crise vai afetar os preços da próxima geração das placas gráficas da NVIDIA, a RTX 4000. Quem sabe você pode comprar uma tecnologia novinha por um preço mais competitivo.


Compartilhe