Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Erros comuns que podem deixar a sua internet WiFi lenta

Erros comuns que podem deixar a sua internet WiFi lenta

Compartilhe

A quarentena fez com que muitos concluíssem que a sua conexão WiFi doméstica vai mal. Passar várias horas por dia usando poucos dispositivos, e uma família pode explorar a conectividade sem fio com certa intensidade.

A mudança dos hábitos de forma brusca cobrou um alto preço dos roteadores, com as conexões ficando lentas de uma hora para outra. Não adianta ter um bom provedor, como são os casos da SKY Internet, Vivo Fibra e Claro net se o seu roteador não entrega o desempenho esperado.

Nesse post, vamos mostrar sintomas e soluções para os erros mais comuns que podem ocorrer com a sua conexão WiFi.

Antes de começar, é importante deixar claro que o seu roteador antigo pode seguir funcionando sem problemas. O problema é suportar a carga de uso atual. Vídeos por streaming, videogames online, seu trabalho remoto e as redes sociais, todas juntas… trabalhando com câmeras de segurança, computadores, smartphones e tables…

Some tudo isso, e você tem um pequeno cenário de caos que precisa ser resolvido.

 

 

 

 

 

Muitos usuários

 

Todo mundo está usando a internet por mais tempo em casa. E tantos dispositivos conectados consome de forma inevitável toda a largura de banda disponível, deixando o WiFi lento.

Para solucionar isso, verifique quantos dispositivos estão conectados ao seu WiFi, e se algum deles não pertencem à sua casa. É importante desconectar os intrusos e gerenciar o desempenho de cada dispositivo conectado na rede.

 

 

 

Alcance da rede sem fio

 

Os roteadores contam com um sinal de 2.4 GHz (b/g/n) e outra de 5 GHz (ac). A segunda é mais rápida, mas a primeira chega mais longe. Se o sinal do WiFi está em uma parte da casa que fica longe do roteador e com muitos obstáculos no meio do caminho (paredes, armários, estantes, portas, etc), este pode ser o problema.

Para solucionar, primeiro faça um mapa do WiFi da sua casa, identificando onde o sinal chega mais fraco para reforçá-los com repetidores de sinal. Eles ajudam a manter o sinal de internet forte em toda a casa, e são de simples instalação e configuração.

Esta é uma solução para quem vive em casas ou apartamentos pequenos. Porém, se são muitos pontos fracos e sua casa é maior, a solução pode ser criar uma rede WiFi Mesh, que mantém a conexão de rede de forma contínua. É mais caro, mas também resolve bem.

 

 

 

Canal de WiFi muito congestionado

 

Se você vive em um local com muitos vizinhos, é possível que vários usuários estejam utilizando o mesmo canal de rede WiFi. Muitos usuários optam por mudar o número do canal para buscar algum canal mais livre.

Os roteadores mais modernos podem buscar automaticamente os canais menos congestionados e com o melhor desempenho possível.

 

 

 

Dispositivos corruptos

 

Um problema menos comum, mas também pode afetar o seu WiFi. Se você conectou um smartphones, alto-falante inteligente, lâmpada inteligente ou qualquer outro dispositivo com problemas de software, esse gadget problemático pode estar consumindo mais canais do que deveria, prejudicando o desempenho do roteador.

Aqui, a solução é simples: revise os dispositivos conectados, e observe qual consome mais recursos de WiFi. Vá desligando cada produto até que o WiFi volte a ter o desempenho desejado. Quando isso acontecer, você terá encontrado o produto problemático.


Compartilhe