Erro faz com que Dell ofereça notebooks por apenas 30 euros | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Erro faz com que Dell ofereça notebooks por apenas 30 euros | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notebooks, Ultrabooks e Conversíveis | Erro faz com que Dell ofereça notebooks por apenas 30 euros

Erro faz com que Dell ofereça notebooks por apenas 30 euros

Compartilhe

Como isso aconteceu?

Lá fora, a Dell acabou cometendo algum erro em sua loja online, que resultou em vendas de notebooks a preços ridiculamente baixos, entre 35 e 39 euros. Os pedidos foram confirmados corretamente, e a marca se nega a entregar os equipamentos vendidos em 23 de maio de 2019.

Resultado: os clientes afetados entraram com uma ação na justiça contra a multinacional, porque querem o direito de pagar os valores reduzidos pelos equipamentos adquiridos.

 

 

A Dell afirma que foi um erro

 

 

A Dell argumenta que errou na hora de ofertar os oito computadores das séries 5000 e 7000 da linha Inspiron a 29 euros cada (+21% de imposto), e outros quatro notebooks que custavam 32,53 euros (mais 21% de impostos).

Horas depois dos usuários realizarem a compra generosa, receberam um e-mail que confirmava o processo de compra concluído com sucesso. Tudo parecia normal do lado da Dell. Tudo, menos os preços dos notebooks.

Não há dados sobre quantos notebooks foram vendidos, mas é possível que esses números apareçam nos tribunais. A campanha de apoio aos consumidores afetados é difundida pelo site FACUA.org/AfectadosDell e pela hashtag #AfectadosDell nas redes sociais.

Os compradores terão os seus direitos garantidos caso tenham adquirido um notebook da Dell nessas circunstâncias em 26 de maio de 2019 e obterão, se assim desejarem, apoio para ingressar com suas ações legais. A empresa pode ser denunciada e, a partir daí, os consumidores podem reivindicar os equipamentos adquiridos pelos preços reduzidos.

 

 

As redes sociais ficaram ‘on fire’

 

Diante da negativa da Dell, as redes sociais não demoraram para pegar fogo com mensagens de todos os tipos, indo dos memes contra a empresa até acusações de oportunismo por parte dos consumidores.

De qualquer forma, ao que tudo indica, os clientes estão com a razão, e o e-mail enviado pela Dell confirmando a compra seria essencial para isso, já que o recebimento do pedido foi confirmado, revisado e, em uma segunda mensagem, confirmada a conclusão da compra, com os detalhes da entrega.

E assim aconteceu. Exceto pela data de entrega, que não foi cumprida, pois naquele momento, os compradores dos notebooks a 30 euros através do site da Dell receberam o NÃO da empresa. E agora a disputa vai para os tribunais.


Compartilhe