TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Envio de fake news no WhatsApp caiu 70% | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Envio de fake news no WhatsApp caiu 70%

Envio de fake news no WhatsApp caiu 70%

Compartilhe

Censura? Não. Moderação contra os idiotas.

O WhatsApp vem gastando tempo e recursos nas diferentes fórmulas para lidar contra a desinformação e as fake news através das mensagens compartilhadas em sua plataforma, algo que sempre foi praticado de forma ampla e irrestrita com o envio em massa de mensagens que saem de uma conta e são compartilhadas com outros usuários sem um limite de encaminhamentos.

Isso acontecia sem qualquer tipo de intervenção por parte do WhatsApp até 2018, quando a plataforma decidiu que os usuários só poderiam encaminhar uma mesma mensagem para um total de 20 usuários e/ou grupos por encaminhamento. Em 2019, o cerco apertou ainda mais, com um número de re-envios que foi limitado ainda mais, para até cinco usuários e/ou grupos.

Recentemente, o WhatsApp realizou mais uma mudança no seu limite de encaminhamentos de mensagens que causou muita polêmica entre diversos grupos que acusam a plataforma de realizar censura, algo que não faz muito sentido porque 1) é uma decisão que afeta o mundo todo, e 2) esses grupos querem ter o direito de seguir compartilhando notícias falsas, ou seja, o direito de seguir com ações criminosas pelas plataformas digitais.

A limitação fez com que o número de encaminhamento de mensagens recebidas por outros usuários dentro da plataforma fosse reduzido a apenas um chat por vez.

Agora, o WhatsApp vem a público para informar que a medida restritiva está funcionando.

 

 

 

WhatsApp voltou para a sua ideia original

 

 

O WhatsApp tem muito claro como deseja que você utilize a plataforma, mesmo que depois cada usuário dá o uso que quiser ou for o mais conveniente para as suas finalidades. O aplicativo foi concebido para um uso pessoal, e o próprio WhatsApp tem claro que a mudança recente sobre o limite de encaminhamentos de mensagens contribuiu para que o aplicativo voltasse ao seu foco original, mantendo o serviço como um lugar mais seguro para conversas privadas e pessoais.

Os representantes do aplicativo de mensagens instantâneas mais utilizado do mundo também afirmam que a estratégia de restrição no encaminhamento de mensagens está funcionando de forma sensível, pois as tais mensagens etiquetadas como “virais” no WhatsApp despencaram em 70%, contribuindo assim para alcançar o objetivo inicial ao realizar a mudança: evitar a propagação da desinformação.

A medida tomada pelo WhatsApp incomodou a muitos usuários que queriam seguir propagando as notícias falsas para outras pessoas dentro da plataforma. Como não conseguem mais praticar tal crime, esses usuários decidiram abandonar a plataforma para abraçar alternativas da concorrência.

Quem mais se beneficiou com isso foi o Telegram, que recentemente superou a marca dos 400 milhões de usuários mensais e que (por enquanto) não conta com essa restrição de encaminhamentos. Porém, ao que tudo indica, o WhatsApp está satisfeito com os resultados alcançados pelas medidas tomadas. Veremos se essas mudanças vão afetar no número de usuários ativos na plataforma no futuro.

De qualquer forma, fico na torcida para que o WhatsApp entenda que é melhor perder usuários do que manter em sua plataforma indivíduos que querem violar a lei compartilhando notícias falsas e desinformação. Torço para que a plataforma mais popular de mensagens instantâneas do mundo perceba que é muito melhor ter usuários mais qualificados e de melhor qualidade.

 

 

Via TechCrunch


Compartilhe