TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Elon Musk mandou um “oi, sumido” para alguns funcionários demitidos do Twitter | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Elon Musk mandou um “oi, sumido” para alguns funcionários demitidos do Twitter

Elon Musk mandou um “oi, sumido” para alguns funcionários demitidos do Twitter

Compartilhe

E não é que Elon Musk disse “oi, sumidos” para alguns dos 3.700 ex-funcionários do Twitter?

Para quem estava embaixo de uma pedra ou em outro planeta, na última sexta-feira (4), 3.700 funcionários do Twitter descobriram que foram demitidos da empresa através de uma notificação por e-mail informando que os seus acessos aos computadores da empresa foram bloqueados.

Isso faz parte da política de recuperação da empresa estabelecida por Elon Musk, novo CEO do Twitter, que justificou o ato com o argumento de que a empresa está perdendo em torno de US$ 4 milhões por dia.

Agora, a ficha de Musk caiu, e ele está entendendo que algumas demissões foram um erro.

 

“Desculpe, nos enganamos…”

De acordo com a Bloomberg, o Twitter está entrando em contato com dezenas de ex-empregados que foram notificados sobre a perda dos seus empregos, pedindo para que eles voltem a trabalhar na empresa.

Fontes internas revelam que alguns profissionais foram informados de que foram demitidos “por engano”, e em outros casos os gestores da plataforma concluíram que mandaram embora algumas pessoas que eram necessárias para a implementação das novas características que Musk está pensando para o futuro da plataforma.

Muitos profissionais ficaram sabendo de suas demissões por e-mail. Mas um grupo de funcionários souberam da decisão antes de terem suspenso o acesso às contas de e-mail dou do Slack, ferramenta utilizada para conversas internas.

Agora, é solicitado que aqueles que podem contactar os ex-funcionários que eventualmente podem ajudar neste momento de implementação das novas diretrizes do Twitter que o façam, pedindo para que eles voltem. Ou seja, é um cenário de caos que só aumenta neste momento.

É preciso levar em consideração que muitos desses ex-funcionários do Twitter já estão se organizando para processar a empresa e Elon Musk pelas demissões sumárias, repentinas e sem justa causa. Diversos contratos profissionais foram quebrados, e eu tenho sérias dúvidas se esses profissionais vão voltar para ajudar quem tratou com tamanha ingratidão.

 

Superapp X a caminho?

Elon Musk tem muitos planos mirabolantes para o Twitter, que vão de cobrança generalizada pelos serviços Premium até a baixa ênfase na moderação dos conteúdos publicados pelos usuários. E esses planos levantam muitas dúvidas entre usuários e anunciantes, onde só o tempo vai dizer o que vai vir dessa combinação maluca de resultados.

Outro plano que Musk tem em mente para o Twitter é a ressuscitação do Vine, aplicativo de vídeos curtos que nasceu antes do TikTok, mas não teve o timing certo para aproveitar a tendência que estava emergindo na web.

Mas um dos planos mais ambiciosos e trabalhosos que Musk tem para o Twitter (e o principal motivo para desejar os profissionais demitidos de volta) é o desenvolvimento de um aplicativo que foi identificado internamente como Superpp X.

O objetivo final do novo aplicativo é reforçar a presença do Twitter em plataformas como o Android e o iOS, na tentativa de aumentar o número de usuários ativos da rede social com múltiplos serviços dentro de um único software que teria como produto principal as publicações na rede social.

O episódio de hoje é apenas mais um que é registrado nesse caótico início da era Elon Musk no Twitter. E tudo me leva a crer que o dono da Tesla está fazendo muito barulho desnecessário que, no final, pode virar um grande nada.


Compartilhe