Onde foi que Elon Musk se meteu dessa vez?

Muita gente acha que o fundador da Tesla quer mesmo se transformar no Tony Stark da vida real. Porém, ele está fazendo da forma errada. E não estou falando apenas em fumar maconha em um podcast (isso para mim é o de menos).

A brincadeira parece ser mais séria dessa vez.

Fraude.

A Comissão da Bolsa e Valores dos Estados Unidos está considerando uma controversa publicação de Elon Musk no Twitter como fraude fiscal. Na mensagem, ele disse que estava com os fundos “garantidos” para transformar a Tesla em uma empresa privada.

E… você sabe como é a internet, certo? Uma vez publicado, dificilmente tem volta.

 

 

Rumores sobre a conduta particular de Musk indicam que ele fez isso (e outras coisas que algumas pessoas já consideram como “coisas estúpidas”) sob o efeito de drogas, e que sua saída da Tesla seria iminente. O argumento para ele deixar a empresa seriam evasivos “motivos pessoais”.

De acordo com o CNBC, o preço real da ação da Tesla era de US$ 419, e a SEC, do mesmo governo norte-americano, informa que Musk estabeleceu um valor de US$ 420 porque ele recém havia aprendido o significado desse número para a cultura da marijuana.

Algo simplesmente inacreditável, em um sentido amplo do termo.

A informação ainda está em desenvolvimento, mas os mais eruditos na matéria podem ler o processo na íntegra nesse link.

No texto do processo, tem várias informações sobre o estranho comportamento de Elon Musk, e a gravidade de suas declarações nas redes sociais ao se tratar de uma empresa de valor tão elevado como é a Tesla.

E tal incidente reforça o conselho: não leve as suas questões pessoais para as redes sociais, especialmente se o dinheiro dos outros está em jogo (além do seu dinheiro, obviamente). Ainda mais sabendo que a sua imagem e a de terceiros podem movimentar todo um mercado.