Compartilhe

Não. Você não perdeu nada. Não teve iPhone 12 no evento de ontem (16) da Apple.

Mas eu consigo ler a sua mente nesse momento. Você está um tanto quanto #xatiado porque a Apple, doravante conhecida como “a rainha da perfeição” (e essa pode ser a sua opinião, mas não a verdade absoluta – lamento em dizer isso), decepcionou você porque não apresentou um novo smartphone.

Que, muito provavelmente, seria muito caro e você não poderia comprar. Ou até poderia comprar, mas só faria isso se mandasse trazer de fora, ou se parcelasse com a operadora de telefonia móvel (com uma cara mensalidade). Ou se boletasse o iPhone em 24 vezes nas Casas Bahia.

Então… posso dizer uma coisa?

Agradece para a Apple por não ter apresentado o iPhone 12 agora.

 

 

 

Não ia ter anúncio de novo iPhone ontem de qualquer maneira

 

 

O ano de 2020 foi atípico até nisso. A Apple acabou com a tradição de acabar com algum feriado prolongado meu em setembro, e não apresentou um novo iPhone no evento de ontem. E não ia fazer isso.

Primeiro, porque não é o melhor momento, por incrível que pareça.

Tem muita gente que ainda está pensando no preço dos novos Samsung Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra, não se recuperando do choque em ver um smartphone de plástico custar tão caro. Por isso, precisamos de um tempo para não ter mais uma parada cardíaca (de tanto rir) com mais um telefone com preços surreais.

Segundo, é mais fácil concorrer com o novo Pixel do Google do que com os modelos Note da Samsung. E nem estou falando do quesito preço nesse momento, mas sim da competição mediática que as marcas podem produzir em torno dos seus respectivos lançamentos.

Não que o Google não consegue trazer marketing para os seus smarphones. Porém, o alcance do Pixel em termos de mídia será muito menor do que foi o dos dois Galaxy Note, com uma Samsung que é a rival direta da Apple no segmento.

E nem preciso dizer que o novo iPhone fará barulho de qualquer maneira.

Além de tudo isso…

 

 

 

O novo iPhone ainda não está pronto

 

 

Não teve um iPhone 12 (nome hipotético, pois nem sabemos se ele vai se chamar assim) porque, em teoria, esse novo smartphone ainda não está pronto para ser apresentado. E a própria Apple deixou isso muito claro.

A gigante de Cupertino já havia informado que o novo iPhone iria atrasar por causa da paralisação das unidades de montagem no mercado asiático por conta da crise sanitária global que todo mundo sabe qual é. Por isso, a não apresentação de um iPhone era uma surpresa apenas para você, que caiu nesse post de para-quedas e não lê esse blog todos os dias.

 

 

 

…E foi melhor assim!

 

 

Para quem produz conteúdos para a internet (é o meu caso), foi muito melhor não ter um novo iPhone apresentado ontem. A Apple conseguiu condensar em pouco mais de uma hora tudo o que tinha de mais interessante para falar sobre os seus novos produtos: o Apple Watch Series 6, o Apple Watch SE, novos iPads, o Apple One e o esquenta para o lançamento das novas versões do sistema operacional, algo que acontece hoje, ao longo do dia.

Logo, não precisa ficar #xatiado com a Apple. Comemore porque teremos mais um evento (muito provavelmente em outubro) para, aí sim, conhecermos um novo e muito caro smartphone que não podemos comprar sem vender um rim para o mercado negro israelense.

Vai por mim…. foi melhor assim…


Compartilhe