Ducati e-Scrambler, a bicicleta elétrica “mais barata” da Ducati | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Ducati e-Scrambler, a bicicleta elétrica “mais barata” da Ducati | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Bicicletas Elétricas | Ducati e-Scrambler, a bicicleta elétrica “mais barata” da Ducati

Ducati e-Scrambler, a bicicleta elétrica “mais barata” da Ducati

Compartilhe

E aqui estou eu, mais uma vez, ajudando a promover as bicicletas elétricas. A Ducati, em parceria com a Thok E-Bikes, criou a Ducati e-Scrambler (aproveitando o prestígio da clássica marca de motos), que é perfeita para os ambientes urbanos. O seu único problema é que a brincadeira começa custando logo de cara 3.699 euros, e pode ficar bem cara, dependendo do que você pretende integrar no veículo.

A bicicleta combina características de design e motor da MIG-HT com componentes próprios da Ducati e de outras mercas. Tais personalizações são as responsáveis pelo aumento de preço de 2.499 euros da MIG-HT padrão para 3.699 da Ducati e-Scrambler.

Vamos conhecer quais são esses detalhes que encarecem o preço dessa bicicleta elétrica.

 

 

 

A bicicleta elétrica “mais barata” da Ducati

 

 

A Ducati e-Scrambler possui um estilo urbano, com bagageiro na parte traseira, quadro disponível em quatro tamanhos para se adaptar à altura de cada usuário e tecnologias que entregam um desempenho bem interessante ao veículo. Seu motor de transmissão intermediária Shimano Steps E7000 de 250W possui 60 Nm de torque. Sua bateria também é da Shimano, e possui capacidade de 504 Wh (a autonomia não foi especificada). Seu garfo é um Suntour XCR34 e as rodas Thok e-plus de 27.5 polegadas recebem os pneus Pirelli Cycl-e.

A Ducati colaborou na Ducati e-Scrambler com componentes como o selim, os para-lamas, as luzes dianteira e traseira e os freios. A bicicleta em si pesa 22.5 gramas, um peso até que aceitável para uma bicicleta elétrica com uma generosa bateria.

 

 

A Ducati e-Scrambler tem um preço sugerido de 3.699 euros e, acredite se quiser, é a bicicleta elétrica mais barata do catálogo da Ducati nesse momento. Mais cara que ela temos a MIG-S por 4.699 euros e a MIG-RR, por 6.250 euros.

 

 

 

Um mercado que está se diversificando

 

 

Está ficando cada vez mais comum ver os fabricantes de motos investirem no segmento de bicicletas elétricas. Em tempos onde as pessoas vão pensar umas dez vezes antes de gastar tanto dinheiro em um veículo e, por outro lado, buscam soluções alternativas e mais econômicas para os deslocamentos urbanos, as bicicletas elétricas se apresentam como uma solução ideal para atender a um público que é cada vez maior.

Sou suspeito para falar. Eu defendo as bicicletas elétricas como alternativa ao transporte coletivo, especialmente diante desse novo normal que estamos vivendo. E é preciso pensar da seguinte forma: por mais que as e-bikes sejam bem mais caras que as bicicletas normais, elas são mais eficientes e menos caras que uma moto ou um carro.

E, no caso específico da Ducati e-Scrambler, ela é bem mais barata que qualquer outra moto da Ducati.

Pense nisso.

 

 

Via road.cc, Ducati


Compartilhe