A Doogee quer entrar na guerra dos smartphones gaming, com o Doogee S70.

Estamos diante de um dispositivo com tela Full HD+ de 5.99 polegadas, processador Helio P23 octa-core a 2.5 GHz, 6 GB de RAM, 64 GB de armazenamento, câmera dupla traseira de 12 MP + 5 MP, câmera frontal de 16 MP e NFC.

Na parte gaming do dispositivo, o Doogee S70 possui construção robusta (IP68, IP69K, MIL-STD-810G) e sua bateria possui 5.500 mAh, com sistema de recarga rápida Flash Charge de 24W e recarga sem fio.

 

 

O modelo ainda possui um gamepad criado especificamente para maximizar as capacidades do dispositivo para os jogos. O sistema de dissipação de calor foi reforçado para garantir o desempenho máximo por horas e horas, sem limitações.

Além disso, o smartphone um botão específico para o modo de jogo. O botão limpa automaticamente todos apps na memória, suspende as notificações e rejeita chamadas telefônicas recebidas, sem interromper o jogo.

O Doogee S70 é um projeto de crowdfunding. Seu preço ainda não foi revelado, mas conhecendo o histórico dos modelos da empresa, é de se esperar boas surpresas nesse aspecto.

 

 

Há algumas perguntas a serem respondidas.

Será que esse processador da MediaTek aguenta o tranco? Se sim, será uma forma bem interessante da marca promover a sua solução para o mercado gaming nos smartphones.

Também é preciso saber se o sistema de dissipação dos componentes internos desse dispositivo vai trabalhar de forma eficiente para garantir o desempenho máximo o tempo todo (veja bem: não estou falando em alcançar o desempenho máximo, pois isso fatalmente vai acontecer, mas sim oferecer esse desempenho máximo pelo maior parte de tempo possível).

O sistema de dissipação vai ter papel fundamental entre os diversos modelos de smartphones gaming, e o sistema mais eficiente com certeza fará toda a diferença junto ao consumidor final desses produtos, que fatalmente é bem mais exigente que a maioria.