O teclado com mecanismo ‘butterfly’ do MacBook Pro está provocando problemas para alguns clientes há anos, com teclas inutilizáveis e um sistema caro e complexo de ser reparado.

A Apple reconheceu o problema, estendendo a garantia nesse tema para até quatro anos, além de responder processos de clientes.

Recentemente, o MacBook Pro foi atualizado, e uma das novidades é o novo teclado, que traz como novidade apenas “fazer menos ruído”, e nada mais.

Porém, analistas desmontaram o notebook, e descobriram a verdade: uma capa de silicone que impede a entrada de poeira e outros materiais, solucionando parte dos problemas das gerações anteriores. Mas a Apple não reconhece isso.

Agora, sabemos através de documentos vazados que, de forma efetiva, a intenção da Apple era não mais ter problemas com o teclado, e a redução do ruído foi um efeito colateral.

O manual técnico que vazou revela, entre outras coisas, que “o teclado possui uma membrana abaixo das teclas para prevenir a entrada de material particulado ao mecanismo mariposa”.

Em resumo: é a boa e velha Apple que se recusa a reconhecer abertamente os problemas com os seus produtos, prejudicando os clientes do passado.

É a Apple do “vocês estão segurando esse iPhone da forma errada”.

 

Via MacRumors