Compartilhe

A OnePlus apresentou oficialmente o OnePlus 8T, uma evolução dos modelos OnePlus 8 e OnePlus 8 Pro que foram anunciados em abril de 2020. Não temos um modelo Pro desse novo dispositivo, pois o fabricante entende que o novo telefone é mais que suficiente nas suas características.

Será mesmo?

É a OnePlus querendo prorrogar os seus ciclos para lançamentos anuais e, para fazer isso, precisa ter um telefone bom o suficiente nas mãos. Então, vamos ver como o OnePlus 8T se sai no comparativo com a geração anterior.

 

 

 

O mesmo processador, com uma tela melhorada

 

 

O OnePlus 8T conta com várias características que estão disponíveis nos dois modelos anunciados no primeiro semestre de 2020. A começar pela tela Fluid AMOLED de 6.55 polegadas (FullHD+, 2400 x 1080 pixels, 20:9), com a diferença que o novo modelo possui uma taxa de atualização de até 120 Hz e brilho máximo de 1.100 nits.

No processador, o OnePlus 8T mantém o Snapdragon 865 com a GPU Adreno 650 e o modem Snapdragon X55 5G compatível com as redes NSA e SA, além de contar com o WiFi 6. As opções de RAM e armazenamento também são as mesmas (8 ou 12 GB, e 128 ou 256 GB, respectivamente), mas o novo modelo conta com armazenamento flash UFS 3.1.

No software, o OnePlus 8T é o primeiro dispositivo a contar com o OxygenOS 11, baseado no Android 11, que tem um novo design, elementos melhorados, funções para facilitar o uso com apenas uma das mãos, animações e gestos otimizados, mais opções de personalização e o Modo Zen 2.0.

 

 

 

Mudanças importantes na bateria e na câmera

 

 

O OnePlus 8T conta com a mesma câmera frontal dos seus antecessores, em um único sensor Sony IMX471 de 16 MP (f/2.4) com estabilizador eletrônico (EIS), foco fixo e gravação de vídeos em FullHD. As principais mudanças estão na câmera traseira, onde o novo modelo tem a mesma configuração quádrupla do 8 Pro, mas com o sensor principal do OnePlus 8.

Ou seja…

– Sensor principal Sony IMX586 de 48 MP (f/1.75) com estabilizador ótico
– Sensor ultra grande angular Sony IMX481 de 16 MP (f/2.2)
– Sensor de fotos macro de 5 MP (f/2.4)
– Sensor monocromático de 2 MP (f/2.4) para fotos bokeh

E (talvez) a evolução mais importante está na bateria: enquanto o OnePlus 8 e o OnePlus 8 Pro contam com baterias de 4.300 mAh e 4.150 mAh respectivamente, o OnePlus 8T conta com a tecnologia de bateria dupla de 4.500 mAh, suportando uma recarga rápida de 65W (uma carga completa das baterias em apenas 39 minutos).

 

 

 

Vale a pena a troca?

 

Se você entende que as diferenças apresentadas pelo OnePlus 8T justificam a compra, vá em frente. Caso contrário, não vale a pena trocar um modelo pelo outro, pois todos os envolvidos aqui são muito competentes. Agora, se você não tem nenhum deles, vale a pena pagar a mais para ter o modelo lançado no segundo semestre de 2020. A relação custo-benefício tende a ser melhor.


Compartilhe