Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas de Compras » DirecTV Go a R$ 69,90 por mês: (ainda) vale a pena?

DirecTV Go a R$ 69,90 por mês: (ainda) vale a pena?

Compartilhe

O aumento de preços cobrados pelo DirecTV Go está mais do que confirmado. A mudança aconteceu na calada da madrugada, pegando os assinantes de surpresa (novos e antigos). Mas agora, com os veteranos permanecendo nos valores antigos, temos um novo cenário que precisa ser analisado para ajudar na decisão dos futuros usuários do serviço.

A partir de 1 de julho de 2021, os valores de assinatura do DirecTV Go são: R$ 69,90 (plano mensal) e R$ 699,90 (plano anual). Encarando a nova realidade, este post tem como principal objetivo descobrir se o serviço ainda vale a pena em comparação com outras alternativas disponíveis no mercado.

 

 

 

Ainda é mais barato que o Claro Box TV…

 

 

Vamos aqui considerar a relação custo-benefício do DirecTV Go em função do novo valor, deixando em segundo plano a experiência de uso e os recursos disponíveis.

Neste sentido, o DirecTV Go ainda é mais barato que o seu principal concorrente oficial no segmento, o Claro Box TV, apesar de contar com quase 30 canais a menos e não oferecer os mesmos recursos de funcionalidade. Por outro lado, a grande maioria dos usuários pode muito bem viver sem a maioria dos canais oferecidos pela concorrente.

O DirecTV Go também oferece uma melhor relação custo-benefício em relação ao Guigo TV, com um número maior de canais (e canais mais interessantes) cobrando um preço menor.

Tudo bem, a flexibilidade da concorrente em contratar canais em pacotes separados pode ser interessante para quem quer ser mais objetivo no consumo de conteúdo. Porém, não contar com os principais canais da TV paga brasileira deixam a Guigo TV um tanto quanto desfalcada.

Em termos práticos, o DirecTV Go ainda é um bom negócio, mesmo custando R$ 10 mais caro. Porém, um sinal de alerta foi ligado em relação ao concorrente invisível e não oficial.

 

 

 

…mas ficou mais caro que o IPTV Pirata

 

 

Pode não parecer muita coisa, mas custar R$ 10 mais caro pode fazer com que o DirecTV Go deixe de ser tão interessante assim para aquelas pessoas que insistem em ver o IPTV Pirata como a melhor alternativa para assistir TV por assinatura.

Além da ilegalidade da proposta, o IPTV não oficial oferece dores de cabeça nas configurações e suporte. Sem falar que o cerco está se fechando para as plataformas que gerenciam essa proposta. Ou seja, você pode ficar sem o serviço de TV por assinatura a qualquer momento, o que pode ser péssimo, dependendo do conteúdo que você está assistindo.

Os responsáveis pelo DirecTV Go precisam tomar cuidado e repensar a estratégia, considerando que a plataforma compete também com os serviços de IPTV pirata. Para combater a pirataria, as operadoras precisam contar com propostas agressivas e preços atraentes.

Se o preço subir demais, o perfil do consumidor brasileiro não vai mudar.

 

 

 

DirecTV Go: ainda vale a pena?

 

 

Sim, ainda vale a pena.

Na minha opinião, que entende a filosofia do produto e suas funcionalidades ainda poderá usufruir o melhor da TV por assinatura brasileira com um preço que não pesa no bolso.

Por outro lado, deixa duas brechas importantes: aumentou a distância de valores em relação ao IPTV pirata, e reduziu a distância de preços em comparação com o Claro Box TV.

E fez isso sem adicionar novos canais ou recursos.

É de se pensar se o aumento de preço nesse momento realmente se justifica.


Compartilhe