TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Dicas para quem vai comprar um smartphone de segunda mão em 2022 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas de Compras | Dicas para quem vai comprar um smartphone de segunda mão em 2022

Dicas para quem vai comprar um smartphone de segunda mão em 2022

Compartilhe

Não faz muito tempo que publiquei aqui no blog um post falando sobre o aumento da popularidade dos smartphones recuperados ou recondicionados no Brasil. Afinal de contas, em plena crise econômica, fica difícil pagar os valores cobrados pelos fabricantes para os modelos tops de linha.

Mas existe um segmento que nunca saiu de moda no Brasil: os telefones de segunda mão. Para muitos compradores, essa é a melhor forma de trocar de smartphone e manter o rim (ou qualquer outro órgão vital) intacto dentro do corpo.

Como muitos leitores do TargetHD.net nunca passaram pela experiência de compra de um telefone usado ou seminovo, vou deixar neste post algumas dicas que você deve levar em consideração na hora de investir em um smartphone de segunda mão.

Eu tenho quase certeza que já escrevi sobre esse assunto no blog. Porém, a audiência é rotativa, e as dicas podem se atualizar de tempos em tempos.

 

 

 

Pergunte sempre pela nota fiscal

A nota fiscal é a principal forma de comprovar que aquele smartphone foi adquirido de forma legítima, além de ser o documento mais importante para comprovar status de garantia (e recorrer ao fabricante em caso de problemas).

Logo, exija do vendedor uma comprovação de compra do produto para se proteger desse e de outros problemas futuros.

 

 

 

Avalie o vendedor sempre que possível

Algumas plataformas de compra e venda de produtos online permitem que você faça uma avaliação do vendedor antes de realizar a compra do smartphone. Logo, verifique se ele possui uma boa pontuação e se os outros compradores relatam uma boa experiência com ele.

Desconfie sempre de vendedores novos ou sem experiência nas plataformas online de venda de segunda mão. Procure sempre fazer a compra com quem tem um histórico (de preferência, positivo).

 

 

 

Compare preços

Se você vai comprar um smartphone usado ou de segunda mão, é porque está querendo economizar neste investimento. Logo, não custa nada (a não ser gastar um pouco mais do seu tempo) pesquisar antes de fechar o negócio.

Quem sabe você encontre um comprador com um produto tão bom quanto e com um preço competitivo. Ou talvez você chega a conclusão que o negócio que você quer fechar não é tão bom assim, pois o valor solicitado pelo vendedor é muito próximo de um produto novo.

 

 

 

Revise o estado do produto pessoalmente

Se você vai comprar um smartphone de segunda mão com um vendedor que mora na mesma cidade que você, vale a pena revisar minuciosamente o produto que pretende adquirir.

Seja criterioso em sua análise, mesmo que você pareça ser chato. Você está fazendo negócios e investindo um bom dinheiro em um produto de tecnologia. Não está lá para fazer amigos. Todo e qualquer detalhe a ser observado pode ser decisivo na hora de fechar o negócio.

 

 

 

Consulte o IMEI do telefone

Dentro do quesito “sou criterioso a ponto de ser chato”, vale a pena conferir o IMEI do telefone.

Verifique se o código IMEI é o mesmo que está disponível na caixa do produto ou em sua nota fiscal. Se for possível, vale a pena verificar se a sequência numérica é legítima, através de sites de verificação ou no site do fabricante.

Você não vai querer pagar caro por um produto com IMEI bloqueado, clonado ou falsificado, não é mesmo?

 

 

 

Cuidado com os meios de pagamento

Por fim, nunca mande qualquer quantia de dinheiro sem ter o smartphone na mão. Dê sempre preferência para ter uma plataforma intermediando a negociação (que só libera o pagamento depois que você confirmar o recebimento do produto tal e como anunciado).

Como os golpes se tornaram mais frequentes, evite também utilizar o Sedex a Cobrar, pois você pode receber um produto diferente ao pagar por ele na agência dos Correios (é bem difícil, mas infelizmente acontece). E isso, se não receber uma pedra dentro da caixa.


Compartilhe