Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Dicas para prolongar a vida útil do celular

Dicas para prolongar a vida útil do celular

Compartilhe

Se não dá para ter o mesmo smartphone para sempre, ao menos podemos mantê-lo funcionando em boas condições por mais tempo.

Parte da longevidade de um telefone passa pelo cuidado que o usuário vai ter com o dispositivo. E alguns hábitos bem simples de serem adotados podem ajudar a manter o smartphone funcionando por mais tempo e sem maiores problemas.

Neste post, vamos deixar algumas dicas que podem ajudar a manter o seu smartphone funcionando bem por mais tempo. E isso pode representar uma certa economia a médio e longo prazo (já que você vai levar mais tempo para comprar outro telefone).

 

 

 

Compre um smartphone pensando na sua vida útil

Smartphones não são eternos, por mais que você queira contrariar essa regra. Logo, é preciso estabelecer parâmetros que precisam ser cumpridos para garantir que ele vai durar o maior tempo possível com um bom desempenho.

Na hora da compra do seu novo dispositivo, leve em consideração os seguintes itens:

 

  1. Versão do sistema operacional: se for o mais recente, melhor.
  2. Tipo de RAM e ROM, quanto mais rápido, melhor.
  3. Quantidade de armazenamento interno e RAM. Quanto mais melhor.
  4. Processador: quanto mais potente, mais resistirá ao passar do tempo.

 

Esses quatro itens, quanto mais completos forem, maior será a vida útil do seu smartphone. Escolha sempre a opção que melhor atende a esses requisitos se o seu orçamento permitir.

 

 

 

Cuidado com o calor

Smartphones vindos da Ásia normalmente não se dão muito bem com o calor do Brasil. Por isso, vale a pena você ter uma maior atenção com a questão da temperatura que o dispositivo pode alcançar.

Se você pretende utilizar o smartphone para os games (principalmente para os jogos mais pesados), considere fortemente a possibilidade de comprar um telefone dedicado para essa finalidade.

E o motivo é bem simples: esses modelos contam com sistema de resfriamento de hardware dedicado, o que vai permitir que o dispositivo suporte várias horas de jogo no calor do verão em nosso país.

Caso insista em comprar “um smarpthone qualquer” para jogar, tome um cuidado redobrado com os cases protetores, e jamais entre na jogatina enquanto o telefone está recarregando sua bateria.

 

 

 

Quanto maior a exigência, maior é o desgaste

Isso é algo inevitável, e vale para qualquer dispositivo de tecnologia.

Se você usa um smartphone todos os dias com jogos e tarefas pesadas, componentes como tela, bateria e memória serão consumidos mais rapidamente, já que serão mais exigidos para entregar um melhor desempenho.

Por isso, é normal que, depois de anos de tarefas pesadas, o seu telefone acabe perdendo desempenho. Quando isso acontece, você não tem outra saída a não ser comprar outro smartphone.

 

 

 

Não force o seu armazenamento ao limite

Ter 256 GB de armazenamento interno no seu smartphone não dá o direito de explorar essa memória ao seu limite, deixando o telefone quase sem espaço para receber novos arquivos.

Se você chegar nessa situação, o dispositivo simplesmente para de funcionar perfeitamente. Vários aplicativos usam a memória cache, e todos eles vão começar a travar sem esse armazenamento livre.

Por isso, deixe um bom lastro de espaço de armazenamento interno para garantir um bom funcionamento do sistema operacional e dos aplicativos instalados no smartphone.

 

 

 

Atualizações constantes

Vamos bater na mesma tecla, mais uma vez: deixe o seu smartphone SEMPRE atualizado.

As atualizações do sistema operacional não apenas entregam novos recursos para o telefone, mas principalmente protege o dispositivo de possíveis falhas e vulnerabilidades que podem ser exploradas por criminosos cibernéticos.

 

 

 

Restabeleça as configurações de fábrica de tempos em tempos

Pode ser algo que dá preguiça para muita gente, mas redefinir o smartphone para as configurações de fábrica normalmente resolve a maioria dos problemas que o dispositivo pode apresentar com o passar do tempo.

É uma solução radical, mas com certeza é muito mais barato do que comprar outro telefone quando não temos certeza do que está acontecendo com o nosso dispositivo problemático.


Compartilhe