Dicas para deixar a sua conta do PayPal mais segura em 2020

Compartilhe

O PayPal é um serviço utilizado por muita gente, apesar de alguns ônus que a plataforma oferece (como, por exemplo, a sua cotação do dólar muito mais baixa para recebimentos, e muito mais alta para cobranças). Realizar pagamentos online se tornou algo comum, e pagar por esse serviço passou a fazer parte da nossa vida conectada nos últimos anos.

Porém, é preciso tomar alguns cuidados mais específicos com os ajustes do PayPal para que a sua conta não fique vulnerável a golpes cibernéticos e fraudes financeiras. Neste post, vamos passar algumas dicas que podem ajudar a proteger melhor a sua conta dentro dessa plataforma tão popular.

 

 

 

Use uma senha segura e forte

 

É quase uma regra básica, e um dos procedimentos mais importantes. Vale para qualquer serviço online. Use sempre uma senha que combine letras maiúsculas e minúsculas, números, símbolos especiais e, se possível, termos totalmente aleatórios.

 

 

 

Ative a verificação em dois passos

 

Adicione uma segunda barreira de autenticação para dificultar as invasões de contas no PayPal. É sempre melhor adicionar a verificação em dois passos, pois dessa forma você tem um primeiro sinal de alerta sobre uma possível invasão de conta por parte de outro usuário.

 

 

 

Administre os inícios de sessão

 

Tenha sempre o controle sobre quais dispositivos estão conectados à sua conta no PayPal. Se você identificar algum login por parte de um dispositivo que você não conhece, desconfie disso e realize a desconexão imediata de todas as sessões ativas em diferentes dispositivos.

 

 

 

Revise as permissões de sua conta

 

Normalmente permitimos que a nossa conta do PayPal realize pagamentos automáticos ou identificação de dados que foram previamente utilizados em pagamentos. De tempos em tempos, faça a revisão dessas configurações, caso não necessite que esses pagamentos sejam rotineiros nos serviços cadastrados.

 

 

 

Crie perguntas de segurança fortes

 

O PayPal permite que o próprio usuário crie a sua pergunta de segurança de conta. Então, se aproveite disso e cadastre uma pergunta com uma informação que só você sabe o que significa. Dessa forma, fica muito mais difícil descobrir qual é essa informação.

 

 

 

Desative o início automático de sessão

 

É muito mais prático permitir o login automático no PayPal nos dispositivos que você usa. Por outro lado, se você perder o seu smartphone ou notebook, ou for vítima de um roubo dessa sua ferramenta de trabalho e acesso pessoal, qualquer pessoa pode ter acesso à sua conta, e o prejuízo neste caso pode ser enorme.

 

 

 

Proteja o início de sessão no smartphone

 

É uma sequência da dica anterior. O aplicativo do PayPal para smartphones permite a proteção do app a partir da leitura biométrica (por digital). Vale a pena ativar este recurso para adicionar uma camada extra de proteção da conta, evitando que qualquer pessoa acesse a sua conta em caso de perda ou roubo do telefone.

 

 

 

Adicione um e-mail e um telefone de recuperação

 

Outro recurso básico para qualquer serviço online. Sempre deixe cadastrado um e-mail e um número de telefone para a recuperação de conta no PayPal, pois isso facilita muito a sua vida em caso de esquecimento da senha ou perda e/ou roubo do dispositivo.

 

 

 

Cuidado com o phishing

 

O PayPal é algo de muitos golpes online pelas mais diferentes vias, e os e-mails falsos ou links suspeitos são vias muito utilizadas para esse tipo de fraudes. Logo, tome cuidado com mensagens, links e informações suspeitas, e não clique em link nenhum em caso de dúvidas.

 

 

 

Preste atenção nos alertas do PayPal

 

O PayPal pode emitir alertas no seu aplicativo ou enviar e-mails para verificar a segurança da conta, além de informar sobre um comportamento suspeito ou anormal das atividades dentro de seu cadastro. Leia com atenção as informações desses avisos, e tome as providências para contornar eventuais problemas.

 


Compartilhe