TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Dessa vez, o Internet Explorer 11 vai morrer para sempre (e não há nada que você possa fazer para evitar isso) | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Dessa vez, o Internet Explorer 11 vai morrer para sempre (e não há nada que você possa fazer para evitar isso)

Dessa vez, o Internet Explorer 11 vai morrer para sempre (e não há nada que você possa fazer para evitar isso)

Compartilhe

Eu sempre fico com a impressão de que o Internet Explorer 11 já está morto e enterrado desde 2012 (pelo menos), mas de tempos em tempos eu escrevo um artigo com alguma evidência sobre a sua existência em nosso planeta. Mas parece que, dessa vez, ele vai desaparecer para sempre.

Quem ainda utiliza o Internet Explorer 11 em seu computador com sistema operacional Windows por algum motivo (não importa qual) é melhor começar a se preparar, pois ele vai parar de funcionar de uma vez por todas no começo de 2023.

E, diferente das últimas 527 vezes que falamos sobre esse assunto, dessa vez, não há nada que você possa fazer para evitar a passagem desse software para o além.

 

Internet Explorer 11 vai morrer de uma vez por todas

Em teoria, o Internet Explorer 11 morreu para dar lugar à primeira versão do Microsoft Edge, navegador web que assumiu o protagonismo no sistema operacional da gigante de Redmond e permanece dessa forma até hoje. Porém, o IE11 segue funcionando naquelas instalações do Windows onde o usuário fez questão de mantê-lo ativo por encontrar alguma vantagem pontual no uso de um software que hoje é considerado jurássico.

Porém, tudo nessa vida tem um fim. E no caso do Internet Explorer 11, esse fim definitivo vai acontecer em fevereiro de 2023, que é quando o navegador web será desativado e eliminado por completo após uma atualização do Windows que será de instalação obrigatória.

Ou seja, após esse update do Windows, não vamos mais encontrar vestígios do Internet Explorer 11 no sistema operacional da Microsoft e, mesmo que seja de sua vontade ou necessidade, não poderá utilizá-lo pelo resto de sua vida.

Isso vai acontecer quando a atualização acumulativa do Windows para o mês de fevereiro de 2023 for entregue, mais precisamente no segundo Patch Day de 2023, programado para ser entregue no dia 14 de fevereiro. Essa será a atualização que vai remover o IE11 do Windows 10 de forma definitiva.

Para quem ainda usa o Internet Explorer 11 no Windows 7 e Windows 8.1, o fim vai chegar um mês antes, em janeiro de 2023, através do mesmo procedimento de atualização obrigatória via Patch Tuesday.

 

Como se preparar para a morte em definitivo do Internet Explorer 11

Agora que você sabe que o fim para o Internet Explorer 11 é algo inevitável ou definitivo, é importante que você saiba que é preciso realizar um procedimento adicional para não ter problemas na experiência de uso depois que esse update for entregue pela Microsoft e instalado no seu computador.

A Microsoft recomenda que os usuários que ainda utilizam o Internet Explorer 11 ou que usam o modo IE no Microsoft Edge para as suas tarefas e finalidades específicas que desabilitem o IE11 antes de 14 de fevereiro de 2023, apenas para garantir que aquelas organizações comerciais que dependem do navegador antigo não parem de funcionar com as mudanças.

Além disso, vale a pena investir também em um programador web que fará todas as modificações e adaptações pertinentes em sua plataforma online, pois depois dessa atualização, qualquer chamada de site que solicitar a abertura do Internet Explorer 11 será redirecionada automaticamente para o navegador Edge, e é aqui que muitas plataformas mais antigas e menos atualizadas podem enfrentar alguns problemas.

 

Uma morte lenta e demorada

O suporte para o Internet Explorer 11 chegou oficialmente ao fim em 15 de junho de 2022, mas a Microsoft decidiu trabalhar com essa morte em fases, para não pegar todo mundo de surpresa e não deixar as plataformas mais antigas completamente desprotegidas.

Antes, as atualizações opcionais do Windows iriam liberando alguns recursos em fase de transição, deixando o sistema operacional cada vez menos dependente do Internet Explorer 11, o que faz todo o sentido do mundo agora que o Microsoft Edge era o navegador web principal do sistema operacional.

Agora, o update de 14 de fevereiro de 2023 será obrigatório para todos os usuários, principalmente do Windows 10 e Windows 11, matando de vez o Internet Explorer 11, que hoje só existe para atrapalhar a evolução natural da web como um todo.

Hoje, não faz nenhum sentido utilizar esse navegador web que perdeu o bonde da evolução da internet como um todo. Alternativas como o próprio Edge, Chrome, Vivaldi. Brave, Firefox e Opera GX são muito mais competentes, versáteis e aptas para o acesso à rede mundial de computadores tal e como conhecemos hoje.

Chegou a hora do Internet Explorer 11 finalmente descansar. E chegou a hora de alguns sistemas online mais antigos finalmente migrarem para propostas mais novas de exibição de suas páginas e conteúdos na internet. Ninguém merece ter o 5G e uma banda larga potente que não podem explorar todo o seu potencial porque um site foi construído em 2007 e por lá ficou, sem receber qualquer tipo de atualização na sua estrutura interna.

Isso mesmo… eu estou falando com vocês, bancos tradicionais que me obrigam a instalar plug-ins e chaves de segurança totalmente obsoletas no meu novíssimo computador.


Compartilhe