Compartilhe

A Apple agora oferece uma forma simples para os seus usuários gerenciar ou verificar o que a empresa sabe sobre eles.

A gigante de Cupertino é vanguardista na questão da privacidade, oferecendo algumas das melhores soluções de proteção dos dados dos usuários.

Com o início do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) na Europa, várias empresas anunciaram nos últimos dias os seus novos termos de privacidade, questionando aos usuários se eles querem continuar a receber tais informações.

Já Google e Facebook preferiram implementar novos métodos que permitem o download de dados armazenados nos servidores. A Apple fez o mesmo, implementando essa opção, que pode ser acessada nesse link.

O site permite a cópia dos dados, a edição de dados pessoais, desativação temporária da conta Apple ou a eliminação em definitivo.

 

 

Vale salientar que quando solicitamos uma cópia dos nossos dados, são rigorosamente todos os dados associados à conta do iCloud:

– Detalhes da Apple ID e registros de início de sessão.
– Dados armazenados no iCloud (contatos, calendários, notas, marcadores, lembretes, e-mails, fotos, vídeos e documentos).
– Informações de uso de aplicativos relacionados ao uso do iCloud (Apple Music, Game Center, etc).
– Registro dos itens adquiridos ou baixados da App Store, iTunes Store e iBooks Store, assim como o histórico de navegação nessas lojas.
– Registros das transações na loja Apple Store e do suporte.
– Registros das comunicações de marketing, preferências, e outras atividades.

O tempo de download dos dados pode variar, de acordo com a quantidade de dados que você tem armazenado no iCloud Drive, Mail do iCloud e Fotos.

Você pode dividir o download desses dados em arquivos com tamanhos personalizáveis entre 1 GB e 25 GB. Você pode ter que esperar até sete dias para que os arquivos fiquem prontos para download. Você será notificado por e-mail quando os arquivos estiverem prontos, e depois disso, eles ficam disponíveis para download por duas semanas.


Compartilhe