TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Dá pra comprar um bom smartphone por menos de R$ 2.000 em 2023? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | Dá pra comprar um bom smartphone por menos de R$ 2.000 em 2023?

Dá pra comprar um bom smartphone por menos de R$ 2.000 em 2023?

Compartilhe

Tinha um comercial nas Casas Bahia em um passado não muito distante que fazia a seguinte pergunta: “quer pagar quanto?”.

O comercial deu tão certo, que chegou a ser proibido. Afinal de contas, as pessoas começaram a procurar as unidades das Casas Bahia em massa para pagar o quanto queriam pelos produtos que gostariam de comprar. O problema é que ninguém percebeu que o “quanto” estava relacionado às parcelas dos produtos, e não ao valor total.

De qualquer forma, eu uso a pergunta do “quer pagar quanto?” para afirmar que o consumidor brasileiro quer mesmo pagar no máximo R$ 2.000 por um smartphone para chamar de seu.

E a outra pergunta importante que vem nesse momento é: “será que dá para comprar um bom telefone por esse preço?”.

 

Todo mundo quer a melhor relação custo-benefício

Aquela época em que todo mundo queria pagar no máximo R$ 1.500 para ter um telefone de linha média simplesmente ficou em um passado distante. Assim como também não dá para querer um bom telefone de entrada por menos de R$ 1.000, pois com esse preço você só vai encontrar na maioria dos casos dispositivos com Android Go, e eu realmente não sei se você deveria desejar um telefone com essa versão do sistema operacional do Google.

Logo, a melhor relação custo-benefício no momento está mesmo nos telefones que custam até R$ 2.000. Com esse valor, você pode encontrar processadores que foram tops de linha nos anos anteriores, ou até mesmo alguns chips presentes em dispositivos intermediários premium, o que pode posicionar o produto pretendido em uma faixa de preço onde o investimento não fica tão pesado, e as especificações ainda estão minimamente alinhadas para ir um pouco além nas tarefas com o dispositivo.

Eu entendo que os fabricantes de smartphones estão focados nos telefones mais premium ou nos dispositivos dobráveis com telas flexíveis, pois essas propostas são aquelas que podem oferecer para a marca a maior margem de lucro por unidade vendida.

Por outro lado, o maior volume de vendas ainda está nessa faixa intermediária, o que ajuda a estabelecer uma presença de mercado para essas marcas. Sem falar que os smartphones de linha média são muito úteis para fidelizar o cliente com aquela marca.

Dito isso, é melhor que até mesmo os fabricantes de smartphones fiquem atentos aos sinais claros que o mercado deixa de tempos em tempos sobre o que a grande massa de usuários deseja nos seus dispositivos. E uma das coisas que os proprietários desejam é pagar menos de R$ 2.000 por um bom smartphone Android.

É óbvio que não vou falar da Apple neste conteúdo, pois a única forma de um telefone da empresa de Cupertino fazer parte dessa proposta é quando o dispositivo é usado. E mesmo assim, dependendo do modelo do iPhone, o seu preço pode ser bem maior do que os R$ 2.000 sugeridos aqui.

 

Dá para encontrar bons telefones que custam até R$ 2.000?

Pode ser uma missão um pouco complicada, mas não é algo impossível.

O mercado brasileiro de telefonia móvel reservou algumas boas surpresas, já que é possível encontrar smartphones com boa relação custo-benefício dentro dessa faixa de preço tão procurada pelos usuários. Alguns modelos são chamativos e muito populares junto ao grande público.

É o caso do Samsung Galaxy A53 5G, um smartphone de linha média da Samsung que entrega excelentes predicados, e por um preço que é realmente chamativo para o padrão da maioria dos brasileiros: em torno de R$ 1.899.

Outro telefone que vale a pena ficar de olho por conta da excelente relação custo-benefício é o Redmi Note 11 Pro+ da Xiaomi. Ele pode ser encontrado no Brasil por um preço sugerido de R$ 1.999, e tem um conjunto de especificações que contemplam muito bem aos usuários dentro dessa faixa de preço.

Isso é, se você aceitar importar o telefone para o Brasil. Ou comprar de algum revendedor que está oferecendo o dispositivo por um preço competitivo.

Outro que está dentro do limite dos R$ 2.000 é o Motorola Moto Edge 20, que pode ser um interessante smartphone para esse valor sugerido. Só verifique se as especificações técnicas do produto vão atender a todas as suas necessidades.

Por fim, se você tiver a sorte de encontrar alguma promoção, dá para encontrar o Samsung Galaxy S21 FE por menos de R$ 2.000. E esse é um dispositivo bem válido para o nosso tempo presente, pois ele conta com configurações bem interessantes para entregar uma boa experiência de uso para os próximos anos.

E em um curto espaço de tempo pesquisando no Google eu descobri pelo menos quatro smartphones com valores abaixo dos R$ 2.000 que podem ser aceitáveis para esse começo de 2023. Recomendo que você procure na internet por outras opções que se encaixam melhor no seu gosto e nas suas preferências.

E eu sei de quem você está sentindo falta nesse momento.

 

E o Samsung Galaxy S20 FE? Não é uma alternativa?

O Samsung Galaxy S20 FE até pode ser uma alternativa para você, que pensa em comprar um smartphone neste ano de 2023. Porém, é fundamental lembrar que a idade chega para todo mundo, uma vez que o envelhecimento é algo inevitável por fazer parte de nossa história neste planeta, e da própria margem de evolução em si.

Dito isso, o Samsung Galaxy S20 FE, que foi relançado pelos coreanos para receber a conectividade 5G, foi lançado em 2021 na sua versão com o processador Qualcomm Snapdragon 865, que é o único que realmente funciona bem nessa versão do telefone.

De lá para cá, estamos chegando no segundo ano de vida desse dispositivo, e tudo leva a crer que ele vai perdurar por mais algum tempo no mercado.

Não me entenda mal. O Samsung Galaxy S20 FE é um excelente smartphone. Tanto, que ele sobreviveu até hoje no mercado, com um bom volume de vendas, principalmente depois que o dispositivo recebeu a conectividade 5G.

Ou seja, esse é um telefone que, na prática, está indo para o seu segundo ano de vida no mercado nacional. Logo, em algum momento no futuro ele vai cobrar o preço da idade com um menor desempenho.

Modelos como o Galaxy S20 FE estão implorando por uma aposentadoria que nunca chega. O Galaxy S21 FE é uma realidade de mercado, e o Galaxy S22 FE pode ser anunciado agora em março de 2023.

Passou da hora do valente Galaxy S20 FE descansar de forma digna e merecida.

 

Conclusão

Eu sei que a vida não está fácil em 2023. A dinâmica financeira está bem instável no Brasil e no mundo, e a tendência é que menos dinheiro fique circulando no mercado por algum tempo. E eu entendo perfeitamente que aquelas pessoas que precisam comprar um smartphone novo neste momento e não querem gastar muito com isso estão com a vida bem complicada.

O que posso dizer é que aqueles que pretendem pagar menos de R$ 2.000 em um smartphone terão que procurar muito para encontrar um telefone que entrega um bom desempenho e qualidade dentro dessa faixa de preço. Não digo que a missão é impossível, mas afirmo que a busca será intensa.

Da minha parte, posso tentar ajudar essas pessoas apresentando diferentes perspectivas sobre os produtos, compartilhando reviews e artigos de opinião sobre os produtos e apresentando eventuais promoções que aparecem na internet.

E desejar boa sorte para quem quer economizar, pois essa galera vai precisar de sorte. Muita sorte.


Compartilhe