Compartilhe

A prática de vender milhas pela internet  tornou-se um negócio que tem movimentado muitos recursos nos últimos anos. A MaxMilhas, por exemplo, líder do setor, já negociou mais de 40 bilhões de milhas aéreas desde o início da sua operação, em 2013. 

Muitos consumidores têm pontos acumulados e podem, em vez de trocá-los por produtos, obter renda extra monetizando-os. Porém, a proliferação de meios pouco confiáveis para esse tipo de transação pode tornar vendedores reféns de algumas armadilhas que podem ser facilmente evitadas.

Redes sociais são terreno fácil para oferecimento desse tipo de negócio que poucas garantias dão, além das palavras do negociador. Vender milhas por meio de grupos de Facebook, WhatsApp ou perfis no Instagram aumenta a chance de fraudes. 

Por outro lado, plataformas de venda de milhas, apesar de muito mais seguras, também podem causar dúvidas ao consumidor. Para solucionar essa questão, seguem algumas orientações sobre os cuidados que se deve adotar ao vender milhas pela internet, para que a transação ocorra com tranquilidade e não vire uma dor de cabeça. 

 

 

Opte por uma plataforma de venda de milhas confiável 

Tentar negociar a venda de milhas diretamente com um comprador é uma situação arriscada. Por isso, vender milhas sem o auxílio de uma plataforma é absolutamente contraindicado, uma vez que não há garantias nem formalização da transação. 

Usar uma plataforma especializada é a melhor maneira de garantir que não haverá troca de dados, informações, conversas diretas ou armadilhas entre vendedor e comprador. Toda a transação é mediada pela plataforma, que só permite o próximo passo no negócio após o anterior ser integralmente concluído, o que garante mais segurança.

O consumidor pode contar com ajuda da Internet para checar a reputação de empresas antes de escolher uma plataforma para negociar suas milhas. Em uma rápida pesquisa é possível descobrir como foi a experiência de outros consumidores com as empresas. Por exemplo, a MaxMilhas, no Reclame Aqui, conta com o selo RA1000, concedido a empresas que prestam atendimento considerado ótimo.  

 

 

Cuidado com a senha

Ao escolher vender milhas por meio de plataforma online, o cliente pode ter dúvidas por conta da necessidade de fornecimento da senha. Informar login e senha do programa de fidelidade pode desencorajar muitos. Porém, plataformas com boa reputação, tempo no mercado e que são referências do setor tomam todos os cuidados necessários para que nenhuma informação seja vazada, garantindo segurança na rede, mantendo certificados válidos e afastando hackers.

 

 

Leia os termos e condições

Estar ciente e de acordo com o que diz o contrato é a melhor forma de garantir que você não será enganado por nenhuma plataforma de venda de milhas. Todos os termos e condições são especificados no momento em que o vendedor faz seu cadastro, por isso é essencial ler cada cláusula com paciência. Os contratos trazem garantias como segurança na internet, valor a ser cobrado ou não pelo serviço, prazo máximo para receber pelas milhas vendidas, entre outras informações.

Caso ainda restem dúvidas, vale a pena entrar em contato com a plataforma e esclarecer todas as informações. Só assim, o vendedor ou o comprador podem garantir que todos os termos e condições estão compreendidos.


Compartilhe