Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Cuidado! Um smartphone Android usado pode não ser seguro

Cuidado! Um smartphone Android usado pode não ser seguro

Compartilhe

Smartphones usados os renovados são tentadores para muita gente, por causa do preço muito baixo. Mas… será que eles são confiáveis? Telefones com versões obsoletas do Android podem receber atualizações críticas de segurança, mas existem outras coisas que devem ser consideradas antes de investir em um produto como esse.

 

 

 

O que é uma correção de segurança em um sistema operacional?

 

É quando o seu telefone recebe uma atualização para corrigir uma falha específica que só está visível nesse momento. Responde ao ciclo contínuo em identificar ameaças, resolvê-las e encontrar a próxima falha.

 

 

 

Por que os fabricantes deixam de enviar correções de segurança?

 

Os fabricantes de smartphones só atualizam os dispositivos por um determinado período de tempo. A cada novo smartphone com uma nova versão do Android, uma nova leva de ameaças e correções aparecem. Esse é um trabalho enorme, de modo que é inviável corrigir falhas de todos os dispositivos já lançados.

Assim, os smartphones mais antigos deixam de receber suporte, normalmente depois de dois ou três anos de lançamento. Modelos antigos deixam de receber atualizações de segurança, ficando mais vulneráveis.

 

 

 

É seguro usar um telefone antigo?

 

Não, não são seguros. Os dispositivos que não recebem correções das vulnerabilidades críticas podem ficar expostos às ameaças dos criminosos digitais, e seus dados ficam muito expostos aos crimes cibernéticos.

Dados de e-mails pessoais e de sua empresa, informações de contatos salvos, dados bancários, áudio de chamadas telefônicas… tudo isso pode ter acesso de terceiros em um uso de um telefone comprometido.

 

 

 

Como sei se o meu smartphone está desatualizado?

 

Primeiro, vá em Configurações e verifique as atualizações de software do dispositivo. Instale a última versão disponível. Se o seu telefone diz que tem o último software do sistema operacional, mas essa última versão foi instalada há muito tempo, muito provavelmente o seu dispositivo não é mais compatível com a nova versão do Android.

Os fabricantes não informam de forma clara quando um dispositivo deixa de receber atualizações, mas existem algumas formas para descobrir isso. A regra geral está nos dois ou três anos de lançamento, mas isso pode variar de um fabricante para outro.

De qualquer forma, descobrir se o seu smartphone Android ainda recebe suporte de software é uma missão de investigação de sua parte, onde alguns sites especializados publicam de tempos em tempos listas de dispositivos compatíveis com as novas versões do sistema operacional, ou com publicações específicas para modelos muito populares que deixam de receber o suporte para atualizações.

Você pode não se dar conta de imediato que o seu telefone não está atualizado. O sinal mais óbvio disso acontece quando você busca novos aplicativos para instalar. Muitos apps são incompatíveis por causa da limitações de software e hardware no seu telefone.

 

 

 

Como sei se o meu telefone foi hackeado?

 

É difícil saber. Os hackers não deixam claro que acessaram o seu dispositivo, de modo que é preciso buscar sinais do hackeamento. As janelas emergentes que aparecem no telefone e aplicativos que você não instalou aparecendo do nada são dois fortes indícios.

Um alto uso de dados também pode indicar um consumo em segundo plano de algum aplicativo malicioso, ou um uso incomum de bateria e um desempenho mais lento também, mas ambos podem ser atribuídos ao uso de um hardware mais antigo, que naturalmente se degrada com o tempo.

 

 

 

Como se manter seguro com um telefone antigo?

 

A melhor forma? Não utilizando um telefone que não é mais compatível com as novas soluções. Se a grana está curta ou você usa um telefone antigo de forma temporária, ainda existem algumas formas de proteger os seus dados.

Primeiro, certifique-se que o telefone está com a última versão do software instalado. Se você comprou o telefone usado, faça a restauração para os padrões de fábrica. Só instale aplicativos da Google Play Store, e evite instalar apps via APK de um site web desconhecido.

Não realize operações bancárias a partir do dispositivo, não sincronize as contas de e-mail de sua empresa, não envie nudes ou tenha chats de vídeo sexys até voltar a contar com um dispositivo protegido. Caso contrário, um atacante pode observar e manipular quase tudo o que acontece no dispositivo.


Compartilhe