Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Opinião | Cuidado com as versões modificadas do Windows 11…

Cuidado com as versões modificadas do Windows 11…

Compartilhe

A Microsoft deixou claro: sem os requisitos mínimos (todos eles), não tem como instalar o Windows 11. Os principais culpados para essa decisão são o chip TPM 2.0 e a lista oficial de processadores compatíveis, deixando qualquer chip abaixo da oitava geração da Intel ou da segunda geração do Ryzen (AMD).

Porém, como nessa vida só não tem jeito para a morte, algumas soluções alternativas para driblar as intransigências da Microsoft estão aparecendo, e isso pode ser um perigo para os usuários.

 

 

 

As exigências “artificiais” do Windows 11

 

 

Bem sabemos que tem gente driblando as exigências da Microsoft há muito tempo. E nem estão recorrendo à pirataria ou modificação de arquivos: usam comandos fornecidos pela própria gigante de Redmond.

Por isso, muitos afirmam que os requisitos para instalação do Windows 11 são artificiais, já que o software pode funcionar em qualquer computador com diferentes tipos de hardware, só abrindo mão de algumas melhorias de segurança.

E é aqui que entra em cena o Windows 11 Unlocked, que é o resultado da facilidade dos usuários para fazer o download da versão beta do sistema operacional com a igualmente fácil possibilidade em executar comandos fornecidos pela Microsoft que driblam os requisitos mínimos do software.

 

 

 

Quando o remédio é pior que a doença

 

 

Lembra das inúmeras versões piratas do Windows XP e do Windows 7, que nada mais são que softwares piratas ou crackeados? Então, o conceito aqui é parecido.

Existem versões “alternativas” do Windows 10 rolando, e o mesmo vai acontecer com o Windows 11. Na verdade, já está acontecendo com a versão beta do sistema operacional, e o mesmo vai acontecer quando a versão final do software chegar.

E a Microsoft facilita a questão até hoje, já que qualquer pessoa pode atualizar um computador velho com o Windows 10 de graça, e mesmo que você não ative a instalação, é possível usar o sistema operacional sem qualquer tipo de limitação.

Na prática, não existem motivos para que hoje você utilize uma versão modificada do Windows, mas com a chegada do Windows 11, essas versões alternativas voltarão a se tornar muito populares, já que essas serão compatíveis com qualquer equipamento.

Por outro lado, o risco existe e é real. Você não sabe quem está por trás dessas versões, muito menos quais são as intenções de quem as desenvolve. E esse é um risco desnecessário para a maioria dos usuários, pois o Windows 10 vai manter o seu suporte até 2025 (e com certeza você vai ter tempo para juntar dinheiro para comprar um novo computador até lá).

Vivemos neste momento a era do ransomware e do cryptojacking. Logo, pense duas vezes antes de instalar um Windows modificado no seu computador. E dez vezes antes de usar este computador para pagar impostos, fazer compras online, editar documentos privados e revisar balancetes de suas economias.

 


Compartilhe