Compartilhe

Na semana passada, Netflix, YouTube e Amazon Prime Video decidiram reduzir a qualidade dos seus vídeos por streaming, a pedido da União Europeia, para evitar um maior consumo de banda de internet durante o período de quarentena obrigatória por conta da crise do coronavírus.

A Netflix vai reduzir o bitrare em 25%, e o YouTube está forçando as reproduções na qualidade máxima de HD (720p). Outros serviços VOD tomaram a mesma decisão para os próximos meses.

Porém, a qualidade de vídeo não é o único problema que deve acontecer com os serviços VOD. A pandemia do COVID-19 afetou praticamente todos os setores produtivos da sociedade, e o mundo do cinema não é exceção. Várias estreias de todos os estúdios foram adiadas, enquanto que outras produções devem estrear de forma direta em suas diferentes plataformas de streaming.

 

 

 

Pandemia afetando em diferentes aspectos

 

Sobre o VOD, Netflix, HBO, e outras plataformas já estão alertando que algumas de suas produções mais esperadas e elogiadas terão as suas estreias adiadas. Além disso, a HBO informa que as dublagens de suas produções foram paralisadas por algumas semanas, que podem se prorrogar por tempo indeterminado, dependendo da gravidade da situação.

Além disso, o fato da HBO lançar tal comunicado não quer dizer que os demais serviços de streaming não estejam na mesma situação. E nesse momento, é necessário que todos tenham uma boa dose de paciência, já que o catálogo de produções dubladas ou nacionais não vão aparecer nas respectivas plataformas digitais por um bom tempo.

A essa altura desse post, nem era preciso dizer isso, mas a recomendação mais óbvia é que você comece a buscar e assistir conteúdos na sua versão original, com legendas. Assim, você não apenas tem a chance de aprender outro idioma, como também vai consumir esse mesmo conteúdo tal e como ele foi concebido, o que pode ser uma experiência nova e recompensadora.

De qualquer forma, isso não pode ser um impeditivo para que você continue a consumir os conteúdos pelas plataformas digitais de streaming. Os serviços vão continuar ativos, com os seus conteúdos disponíveis, dentro das possibilidades atuais. E ter mais do que uma plataforma oferecendo o mesmo tipo de serviço é a melhor coisa que pode acontecer nesse momento. É aqui que está a variedade de conteúdo que você vai precisar para não morrer de tédio durante a quarentena.

É claro que você terá um pouco de dificuldades em acompanhar esse conteúdo se estiver realizando o teletrabalho ou home office durante os dias de isolamento social. Mas isso é outra história.


Compartilhe