Coronavírus vai deixar smartphones mais caros no Brasil | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Coronavírus vai deixar smartphones mais caros no Brasil | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Coronavírus vai deixar smartphones mais caros no Brasil

Coronavírus vai deixar smartphones mais caros no Brasil

Compartilhe

A crise do coronavírus afetou em cheio o setor de tecnologia no Brasil, e algumas empresas já ficaram sem componentes para produzir os eletroeletrônicos por aqui. O resultado da crise e a consequência dessa escassez de peças resulta na paralisação das fábricas de produção de gigantes como LG, Samsung e Motorola, e tudo isso fará com que os preços dos dispositivos fiquem mais caros por aqui

A primeira data a sentir o aumento dos valores dos smartphones no Brasil será nada menos que o Dia das Mães, uma das datas mais importantes para o varejo brasileiro. Perdendo esse importante dia de vendas, as marcas já começam a calcular os possíveis prejuízos, sem falar que os estoques de smartphones no Brasil estão ficando cada vez menores.

 

 

 

Para tudo na China, para tudo no Brasil também

 

 

O risco de uma paralisação nas linhas de montagem aumenta a cada semana, pelo simples fato da China não confirmar o envio de novas remessas de componentes para a fabricação de produtos no Brasil. Com a suspensão da produção chinesa, as fábricas brasileiras não conseguem produzir, e as empresas estão adotando estratégias como férias coletivas (de dez dias para os funcionários das linhas de montagem) e alternância dos funcionários nos postos de trabalho, para que todos possam receber alguma coisa no final do mês e, ao mesmo tempo, as linhas de produção se mantenham em um ritmo mínimo.

A redução no fornecimento de dispositivos eletrônicos vai fatalmente gerar um aumento de preços, uma vez que a oferta será muito menor que a procura. Logo, apesar do momento não ser dos mais favoráveis para as pessoas realizarem gastos, o melhor conselho que eu posso oferecer para você, amigo leitor, é comprar o smartphone que está no seu orçamento (ou projeto de aquisição) o quanto antes possível, pois qualquer smartphone que está circulando no mercado pode e vai ficar mais caro em um futuro a médio prazo.

O estoque da matéria-prima está baixo, e a situação só não é pior porque alguns navios vindos da China estão chegando ao Brasil cheios de componentes para abastecer as fábricas de diferentes empresas. Como esses navios deixaram o país asiático antes do ano novo chinês, essas remessas foram garantidas, já que a crise do Coronavírus no país asiático ainda estava no começo.

Enquanto isso, alguns fabricantes de tecnologia já tomaram medidas no Brasil para tentar contornar a situação. A Samsung suspendeu a sua produção de smartphones na sua fábrica em Campinas (SP) por alguns dias durante o mês de fevereiro. A Flextronics, responsável pela fabricação de telefones da Motorola, deu dez dias de férias coletivas aos seus funcionários da fábrica em Jaguariúna (SP) em março. E a LG também anunciou férias coletivas das suas fábricas de smartphones durante o mês de março.

 

 

 

Quando isso tudo vai acabar?

 

Com certeza mesmo? Apenas quando acharem uma vacina para o coronavírus COVID-19. De forma parcial, quando a China reduzir a taxa de pessoas contaminadas com o vírus (algo que está acontecendo de forma lenta), o que poderia ajudar no retorno gradativo das fábricas locais e o consequente aumento de produção dos componentes necessários para que os dispositivos sejam fabricados novamente no Brasil.

 

 

Via Telesíntese, Tecnoblog


Compartilhe