Com a constante atualização de dispositivos de lançamentos, é quase certo que você já teve mais de cinco smartphones na vida. E alguns deles estão guardados, esquecidos e acumulando poeira.

Uma forma inteligente de ressuscitar o dispositivo é transformá-lo em um assistente pessoal inteligente, no mais puro estilo Alexa e Google Home. E tudo isso, com um investimento baixíssimo.

 

No Android

Você basicamente precisa de um dispositivo (que funcione, é claro) compatível com o Google Assistente. Os requisitos mínimos para esse software em qualquer Android são:

1.5 GB de RAM
Tela com resolução HD (1280 x 720 pixels)
Android 6.0 Marshmallow

Quanto melhores esses números, melhores serão os resultados. Também é recomendado que você emparelhe um alto-falante (com ou sem fio) para que você possa escutar claramente o áudio do assistente, melhorando assim a qualidade de reprodução.

Agora, basta configurar tudo:

Faça o download do Google Assistente nesse link.
Dentro do Google Assistente, vá em Configurações > Ajustes > Telefone.
Ative as opções Acessar com o Voice Match e Desbloqueie com o Voice Match.
Pronto. Agora você acessa o Google Assistente simplesmente dizendo OK Google.

Por fim, basta conectar o smartphone ao alto-falantes, e certifique-se que você manterá o dispositivo com sua carga total o tempo todo.

 

No iOS

 

 

Você também pode fazer (quase) mesmo por meio do Siri, e nem precisa fazer o download de um aplicativo extra. Basta acessar as configurações do Siri e Buscar, e selecionando a opção que ativa o Siri via ‘Oi Siri’, e pronto.

Com isso, você tem um assistente pessoal para a sua casa, e sem ter que comprar um gadget dedicado para isso, economizando uma boa quantidade de dinheiro no processo.

É óbvio que, se você comprar um dispositivo oficial nessa categoria, você tem uma série de opções adicionais. Mas com as dicas desse post, você dá uma nova vida aos smartphones que você já possui.