Tem um computador implica em assumir uma série de responsabilidades e tarefas básicas que devemos cumprir para manter tudo em bom estado, evitando problemas de desempenho e aumentando a sua vida útil.

O uso contínuo do equipamento e os efeitos negativos de agentes externos como o calor e a poeira podem gerar um desgaste ou pequenos problemas que podem ser solucionados com pequenas manutenções periódicas. Se nos esquecemos disso, podemos sofrer danos irreversíveis.

Precisamos ser conscientes sobre a importância desses cuidados básicos em um computador. Por isso, esse post oferece alguns conselhos básicos e eficientes para manter o PC ou notebook em bom estado, reduzindo os riscos de morte prematura.

Recomendamos a adoção de todas as dicas de forma conjunta, maximizando sua efetividade.

 

 

1. Cuide do sistema de ventilação e dissipação

 

 

Mesmo contando com um sistema de refrigeração ativa, ventiladores internos podem acumular poeira e sujeira como uso, o que pode reduzir sua efetividade.

Faça uma limpeza a fundo do equipamento a cada ano. Também é recomendável trocar a pasta térmica dos componentes a cada dois ou três anos, já que com o passar do tempo elas podem perder a efetividade.

Também é importante garantir que o sistema de ventilação do computador é o mais apropriado para os seus componentes, para evitar problemas de temperatura. O fluxo de ar também influencia: mantenha o interior do equipamento o mais limpo possível, impedindo que o cabeamento interno se torne um obstáculo para a entrada do ar frio e a saída do ar quente.

 

 

2. Deixe o computador longe de fontes de calor e interferências

 

O calor excessivo pode reduzir o desempenho do equipamento, além de poder causar danos permanentes aos componentes. Evite utilizar o PC próximo de fontes de calor intenso, já que isso pode elevar a temperatura interna e produzir danos.

As interferências podem afetar componentes e gerar ruídos na imagem e no som, além de reduzir de forma notável a qualidade do sinal WiFi. Mantenha o seu equipamento em áreas limpas, evitando que o sistema de ventilação absorva a poeira e a sujeira do exterior ao pegar o ar para esfriar os componentes internos.

 

 

3. Cuide das conexões e mantenha os cabos em ordem

 

Além de garantir uma boa refrigeração, cabos ordenados garantem um bom fluxo de ar, evitando o acúmulo de ar quente e das temperaturas internas do computador.

Além disso, os cabos desordenados podem ocupar um espaço valioso no equipamento, limitando as possibilidades de expansão para outros componentes. Só mantenha os cabos estritamente necessários para o funcionamento do computador.

Por fim, revise as conexões. Em alguns casos, as falhas de alguns componentes estão em um cabo solto ou mal conectado. É uma verificação rápida, e que evita muitas dores de cabeça.

 

 

4. A bateria nos notebooks

 

 

Um dos itens mais importantes. Muitos fabricantes integram a bateria na carcaça do equipamento, e é bom a gente cuidar desse item ao máximo para evitar uma custosa manutenção.

Não há conselhos milagrosos aqui. É um componente que se desgasta pelo uso simples, mas três recomendações podem ajudar a prolongar a vida útil desse item:

 

– Não use o notebook sempre conectado à rede elétrica e com a bateria em 100%. Use o portátil na bateria de vez em quando.
– Evite usar o notebook em fontes de calor intenso, evitando efeitos nocivos nas baterias de íon de lítio.
– Não deixe a sua bateria se descarregar por completo. É melhor carregá-la de forma mais contínua, em ciclos curtos, do que fazer recargas longas quando estão completamente vazias.

 

 

5. Proteja o computador contra picos e quedas de tensão

 

As fontes de alimentação contam com recursos de proteção integradas contra picos de tensão, mas o mais recomendável é utilizar um sistema de alimentação ininterrupta, ou um no-break.

Ele atua como um amortizador de picos de tensão, protegendo o equipamento e melhorando a qualidade da eletricidade que chega ao nosso PC.

Se uma queda de energia acontece, a bateria integrada do no break entra em funcionamento. Assim, você tem alguns minutos para desligar o seu computador de forma segura. É importante garantir que o equipamento conte com potência suficiente para manter o PC funcionando por alguns minutos em caso de queda de energia.

 

 

6. Atualizações e software

 

 

Manter o software em bom estado é vital para o bom funcionamento do PC. Mantenha o equipamento atualizado, tanto no sistema operacional como nos controladores. Aposte em um antimalware leve, combinado com o bom senso no uso diário.

Também é aconselhável instalar aplicativos e programas com o mínimo de bom senso, evitando o acúmulo de software que afeta negativamente o desempenho do equipamento.

Para quem usa um HD mecânico, o desfragmentador de discos pode ajudar a melhorar no desempenho, e o uso periódico é recomendado. Em casos extremos, uma instalação limpa do sistema pode devolver o comportamento de um computador novo.

 

 

7. Faça um bom uso das coisas

 

Movimentos bruscos, golpes, remoção de periféricos de forma desleixada, comer ou beber perto do computador e outros comportamentos podem ter consequências desastrosas.

É dispensável dizer que é recomendável evitar tais práticas para aumentar a vida útil do computador. Outras ações como usar o notebook na cama ou movimentá-lo enquanto ele está ligado podem não causar damos, mas vale lembrar que os discos rígidos são sensíveis aos movimentos, podendo assim sofrer danos. Superfícies irregulares podem bloquear o sistemas de ventilação do equipamento, favorecendo o acúmulo de calor.

Por fim, também vale o bom senso no uso do software. Cuidado com os sites que você visita, com os downloads realizados e aplicativos instalados. Para isso, evite fontes duvidosas e, em caso de dúvidas, sempre pense duas vezes antes de aceitar uma instalação.