A luta pela inclusão dos coletivos que durante muito tempo foram minoria (inclusive sendo discriminados por muito tempo) continua. Agora, os transgêneros pedem um emoji que os representam, e com toda a razão do mundo.

Hoje, temos emojis para quase tudo. Quase. A pressão por um emoji para os transgêneros é tamanha, que parece impossível que o Unicode Consortium, grupo de especialistas encarregados de aprovar os novos emojis, ignore a voz desse grupo de pessoas.

A campanha iniciada por Charlie Craggs, autora de To My Trans Sisters, tem a hashtag #ClawsOutForTrans, criticando o Unicode Consortium por ignorar completamente a petição pela inclusão da bandeira transgênera. Pelo contrário: o consórcio incluiu o absurdo emoji da pessoa na sauna, que apareceu no começo de 2018.

A ativista iniciou uma campanha para alcançar 2.500 assinaturas, com o objetivo de equiparar os direitos dos transgêneros com o de uma lagosta.

Isso mesmo. Uma lagosta.

Por que?

Porque as lagostas são ginandromorfos, ou seja, contam com características femininas e masculinas. Algumas espécies de mariposas, aves, crustáceos e caranguejos estão no mesmo grupo.

Não é difícil encontrar um emoji de lagosta. Ou seja, o Unicode teve tempo para representar um animal como uma lagosta, mas se esqueceu de uma comunidade inteira, como a transgênera, que está dentro da espécie humana, e que só queria a inclusão de uma bandeira nas cores azul, branca e rosa.

 

 

Por isso, em forma de protesto, as pessoas transgênero estão usando o emoji da lagosta como representação de sua comunidade. E vão continuar até que a bandeira apareça no lugar onde deve estar. Junto com os demais emojis.

Qualquer pessoa pode propor um emoji novo ao Unicode Consortium. Entre as autoridades que fazem parte do consórcio estão Tim Cook ou Mark Zuckerberg. Eles contam com a última palavra sobre aceitar um emoji ou não.

A bandeira da comunidade transgênero é uma das mais solicitadas, depois que em 2016 o consórcio decidiu adicionar a bandeira da comunidade gay, outra das grandes petições do coletivo.

 

 

 

+info