Compartilhe

Black Friday, Cyber Monday, 11.11 (Dia do Solteiro na China – e no Brasil também, já que o comércio local abraçou essa ideia)… todas são datas de promoções bem interessantes, que resultam em uma enxurrada de vendas.

Muita gente aproveita para comprar o produto que mais queria na Black Friday. E alguns mais prevenidos acabam comprando os produtos para presentear amigos e familiares no Natal. Algo justo, pois evita o tempo perdido nas lojas e shoppings e economiza algum dinheiro pagando um pouco menos por um produto bacana.

O problema é quando esse produto apresenta algum defeito ou a pessoa não gosta do presente recebido. Lembrando que você está comprando um presente no final de novembro para presentear no final de dezembro. Ou seja, não existe aqui a tal regra do arrependimento, onde você tem até sete dias corridos para manifestar que está desistindo do produto.

 

 

Compras internacionais

 

 

Lá form existem regras diferentes para devolver um produto sem maiores explicações. Algo que não acontece no Brasil. Mas uma das garantias que você tem ao comprar um produto com frete internacional é que você pode manifestar esse arrependimento após receber o produto, ou até mesmo antes da entrega.

Se você entende que o produto não vai chegar por aqui antes do Natal ou você se arrependeu da compra antes da entrega, você pode manifestar o seu desejo de arrependimento, e as chances de você receber o dinheiro de volta são consideráveis. De novo: a regra pode variar entre os diversos e-commerces, mas em via de regra isso é possível.

Agora, se o produto não for entregue, ou for entregue fora do prazo, ou você alegar defeito no produto (com fotos e vídeos do mesmo), a devolução do dinheiro ou o envio de um segundo produto é algo quase certo. Verifique como é a política de cada loja antes de realizar a compra para já se prevenir em caso de problemas.

 

 

Compras no Brasil

 

 

Aqui, não existe uma regra específica para esse cenário do cliente abrir um produto adquirido na Black Friday apenas no Natal. As regras de arrependimento para compras online e compras físicas são as mesmas. Ou seja, sete dias corridos a partir da data indicada na nota fiscal de compra. Depois disso, nada de devolução de dinheiro por arrependimento.

As regras podem então variar de acordo com a loja ou fabricante. A boa notícia em comprar produtos no Brasil é a garantia de fábrica, que pode ser acionada a qualquer momento em caso de problemas, ou a garantia estendida das lojas, que podem resultar até na troca do produto sem maiores questionamentos.

A má notícia é você esbarrar na burocracia brasileira, onde a assistência técnica pode demorar demais para analisar o problema e entregar uma solução. E apenas em casos extremos (quando ultrapassa o período limite de análise do produto, defeitos de fabricação, propaganda enganosa, etc) é que você tem o dinheiro pago pelo produto de volta.

Em todos os casos, vale a pena ter uma atenção redobrada na hora de comprar os seus produtos de Natal na Black Friday. A prática é bem válida, mas tenha o devido cuidado para as consequências dessa compra se algo der errado.

Boa sorte!


Compartilhe